rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Bashar al-Assad Síria Guerra Eletricidade Crise Aleppo

Publicado em • Modificado em

Após 4 anos de guerra, 83% do território da Síria não tem eletricidade

media
Imagens de satélite mostram o estado da iluminação na Síria durante a noite. Le Monde/ Daylimotion

Imagens de satélite reveladas nesta quinta-feira (12) mostram que 83% do território sírio está no escuro. A rede elétrica, assim como pontes, estradas e cidades inteiras, foram destruídas nos bombardeios da guerra que completa quatro anos esta semana.


Analisando imagens de satélite, cientistas da universidade de Wuhan, na China, descobriram que quase todo o território sírio vive atualmente sem eletricidade. A cidade de Aleppo, antigo centro econômico da Síria, é a mais atingida com a perda de 97% de sua iluminação, desde o início da guerra no país, em março de 2011.

"A Síria entrou na idade das trevas, literal e metaforicamente", declarou o ex-ministro britânico das Relações Exteriores e presidente da organização Comitê Internacional de Resgate, David Miliband. A instituição integra um grupo de 130 ongs que assinam o documento alertando para o estado de calamidade no país.

200 mil mortos

A guerra na Síria completa quatro anos esta semana com um terrível balanço de vítimas: 200 mil mortos e 4 milhões de refugiados. O conflito que começou como uma revolta popular para tirar do poder o regime de Bashar al-Assad se tornou uma guerra civil imprevisível. O país foi praticamente destruído.