rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

África África Lusófona Angola Cabinda FLEC Cabinda

Publicado em • Modificado em

FLEC denuncia rapto do comandante "Noite e Dia" por soldados angolanos

media
Mapa da África com destaque para o enclave de Cabinda. DR

Dois líderes militares da Frente de Libertação do Estado de Cabinda, FLEC, foram raptados no Congo-Brazzaville, por soldados angolanos. O general "Noite e Dia" e o comandante Mazina foram raptados na noite de dia 6 de Março. Segundo testemunhos estão presos em Cabinda.


Segundo o líder desta facção da FLEC, Nzita Tiago, os dois militares foram raptados por soldados angolanos a partir de Ponte Preta, no Congo-Brazzaville, soldados angolanos que vieram de Cabinda.

Nzita Tiago questiona a liberdade dos soldados angolanos no Congo.

Nzita Tiago, líder da FLEC 08/03/2012 Ouvir

Manuel Ngoma, activista da FLEC, deu-nos mais detalhes deste rapto, a partir do Congo-Brazzaville.

Manuel Ngoma, activista da FLEC 08/03/2012 Ouvir

Estes raptos acontecem cerca de um ano depois de o anterior chefe de Estado Maior da FLEC, "Pirilampo" ter sido raptado e assassinado. O corpo de "Pirilampo" foi encontrado a 10 de Março de 2011, dentro do território de Cabinda, depois de ter sido raptado no Congo, e apresentava sinais de tortura.

Segundo testemunhos, o general "Noite e Dia" e o comandante Mazina, estarão presos em Cabinda.