rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

África África Lusófona Crise Demissão Greve Jornalistas São Tomé e Príncipe Televisão

Publicado em • Modificado em

Jornalistas da TV Santomense denunciam desprezo do Governo na solução da crise na Empresa

media
Mapa de S. Tomé e Príncipe DR

 

A crise na TVS, Televisão sãotomense que opõe jornalistas ao Coordenador da Empresa Pública de Comunicação Social, parece não ter fim.


Um grupo de jornalistas e quadros da TVS, ameaça endurecer o movimento de contestação à Direcção, avançando mesmo para uma greve e manifestação pública, caso o Governo continue a não dar seguimento às suas reivindicações nomeadamente a demissão do Coordenador da Empresa de Comunicação Audiovisual, Óscar Ribeiro.

 

O Grupo de Descontentes, como se intitula, tece duras críticas ao Governo de Patrice Trovoada, que prometeu uma auditoria à TVS, depois de denúncias de indícios de corrupção e má gestão na Empresa, auditoria que no entanto ainda não aconteceu até hoje, 2 de Novembro.

 

Em entrevista à RFI o jornalista José Bouças, Pivot do Jornal e Director de Informação da TVS, denuncia o desprezo que o Governo está a ter em relação a bons profissionais que dedicaram toda a sua vida à profissão e ao desenvolvimento da Televisão sãotomense.

 

Entrevista ao Pivot de Jornal TVS José Bouças 02/11/2012 Ouvir

 

Entetanto, soube-se que o Governo sãotomense poderia finalmente enviar na próxima segunda feira, 5 de Novembro,  a missão de auditoria à TVS.