rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • UE impõe à Google multa recorde de € 2,4 bilhões por abuso de poder dominante

Crise migratória Europa Mar Mediterrâneo

Publicado em • Modificado em

Mais de 2 mil migrantes são resgatados em apenas um dia no Mediterrâneo

media
Migrantes foram resgatandos quando tentavam atravessar o mar Mediterrâneo em barcos infláveis REUTERS/Darrin Zammit Lupi

 As autoridades resgataram nesta sexta-feira (14) mais de 2 mil migrantes que tentavam entrar clandestinamente na Europa atravessando o mar Mediterrâneo. As embarcações precárias vinham principalmente da Líbia.


Segundo um porta-voz da Guarda Costeira italiana, os barcos das autoridades conseguiram resgatar 2.074 migrantes a bordo de 16 botes infláveis e três embarcações de madeira. Pelo menos 19 operações de salvamento foram realizadas.

De acordo com a ONG Médicos Sem Fronteira (MSF), ao menos um jovem foi encontrado morto durante o resgate, que contou com o apoio de associações humanitárias. “O mar continua sendo um túmulo”, publicou a MSF em sua conta no Twitter.

Imagens filmadas durante a operação mostram que membros das equipes de socorro tiveram que mergulhar para salvar vários migrantes que caíram das embarcações. “Em 19 anos de coberturas jornalísticas sobre imigração, eu nunca vivi uma experiência comparável ao que vi hoje”, declarou o fotógrafo da agência Reuters Darrin Zammit Lupi, que estava a bordo de um dos barcos de resgate.

Os migrantes socorridos pelas ONGs foram entregues à Guarda Costeira, que os conduziu até portos italianos. Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), cerca de 32 mil migrantes chegaram a Europa pelo mar apenas este ano. Mais de 650 morreram ou estão desaparecidos.