rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Crise migratória Espanha Marrocos

Publicado em • Modificado em

Quase 200 migrantes atravessam correndo fronteira entre Marrocos e Espanha

media
Migrantes, vindos principalmente da África Subsaariana, invadiram posto de controle na fronteira entre Marrocos e Espanha durante a madrugada. REUTERS/Jesus Moron

Ao menos 187 migrantes entraram na madrugada desta segunda-feira (7) em um posto na fronteira entre Marrocos e Ceuta, na Espanha. O grupo invadiu o local correndo e surpreendeu os policiais, que não conseguiram impedi-los.


A ação aconteceu às 05h locais (meia-noite em Brasília). “Eles entraram no posto de controle correndo”, relatou um porta-voz da prefeitura de Ceuta, enclave espanhol no território marroquino. Um vídeo divulgado pela televisão local mostra o grupo de homens invadindo o local, aos gritos de “Bem-vindo à Espanha”.

Segundo a Cruz Vermelha espanhola, os migrantes vinham principalmente da África Subsaariana. O grupo foi enviado para um centro de detenção provisório, com exceção de quatro feridos, que foram hospitalizados. Como foram capturados já do lado espanhol da fronteira, os candidatos à imigração serão encaminhados para que possam fazer um pedido de asilo.

Únicas fronteiras terrestres entre a África e a Europa, os enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla, no norte do Marrocos, fazem parte dos acessos privilegiados para a imigração clandestina na região. Em 1° de agosto, outras 200 pessoas tentaram entrar à força no mesmo posto fronteiriço. Com a ajuda de alicates e marretas, eles abriram uma passagem na grade e 73 homens conseguiram entrar em Ceuta.

(Com informações da AFP)