rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Resgate Espanha Migrantes

Publicado em • Modificado em

Socorristas espanhóis resgatam 211 migrantes no mar

media
Migrantes chegam à praia de Zahora, em Cádiz na Espanha, 27 de julho de 2018 OBTAINED BY REUTERS/via third party

Os serviços de resgate da Espanha anunciaram neste domingo (29) o resgate de 211 migrantes que se encontravam em embarcações à deriva no Mediterrâneo, enquanto o ministro do Interior espanhol viajava até a Mauritânia para promover a cooperação na luta contra a imigração ilegal.


O serviço de salvamento marítimo resgatou os migrantes a bordo de 21 barcos nos arredores do Estreito de Gibraltar, que separa a Espanha do Marrocos, segundo um porta-voz. Os migrantes serão levados para o porto de Algeciras, sudoeste da Espanha, assinalou.

Estas últimas chegadas acontecem depois que o serviço de socorro resgatou, nos últimos dias, mais de 1,2 mil pessoas que tentavam o perigoso cruzamento do Marrocos para a Espanha, país que supera a Itália como destino mais procurado pelos migrantes que cruzam o Mediterrâneo de barco, após a política migratória que começou a ser aplicada por Roma.

Fortalecer a cooperação

Neste sábado (28), o ministro espanhol do Interior, Fernando Grande-Marlaska, pediu na Andaluzia, uma "solução europeia" para o "problema da imigração”. "Viemos aqui para ver na prática os problemas que existem, o problema da imigração, que é um problema da Europa, que precisa de uma solução europeia", declarou à imprensa o membro do novo governo do socialista Pedro Sánchez, ao visitar a província de Cádiz, segundo uma gravação enviada pela delegação oficial.

O ministro foi a Algeciras para constatar como os migrantes estão sendo atendidos pelas forças de segurança e pela Cruz Vermelha. Nesta segunda (30), Grande-Marlaska, irá se reunir com o colega da Mauritânia em Nouakchott, capital do país africano, para "fortalecer a cooperação em assuntos migratórios e a luta contra o terrorismo".

Com informações da AFP