rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Aeroporto Chile Vulcão

Publicado em • Modificado em

Cinzas de vulcão chileno voltam a atrapalhar trafégo aéreo

media
O sol em Buenos Aires encoberto pela fumaça de cinzas de vulcão chileno, na quinta-feira. @Reuters

A erupção do vulcão chileno Puyehue volta a provocar transtornos no trafego aéreo do cone sul. Voos foram cancelados na Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e Paraguai. Mais de 95% dos voos no aeroporto Salgado Filho, de Porto Alegre (RS), foram anulados nesta sexta-feira.


A fuligem cobre cerca de 70% do Rio Grande do Sul, informou na última madrugada, a Força Aérea Brasileira. A nuvem pode chegar a Santa Catarina, segundo as previsões. Quatro companhias aéreas anularam suas operações no aeroporto gaúcho. Segundo a Infraero, os cancelamentos são uma medida de precaução tomada pelas empresas, pois as cinzas podem prejudicar o funcionamento das turbinas.

Na quinta-feira, Buenos Aires despertou com os tetos de carros cobertos por uma camada de fuligem. Os aeroportos da capital argentina foram bastante afetados. As cinzas do vulcão Puyehe, que entrou em erupção no sábado, também provocou cancelamentos no Uruguai, Paraguai e no próprio Chile.

Segundo um comunicado do comitê de crise argentino, a maioria dos terminais aéreos do centro sul e sul da Argentina permanece fechada, até que “as condições de segurança necessárias para operar sejam garantidas”. Entre os aeroportos fechados estão o de Bariloche e na região da Patagônia.