rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Educação Chile Manifestação Violência Michelle Bachelet

Publicado em • Modificado em

Manifestação estudantil termina com mortos no Chile

media
O protesto de Valparaiso, no Chile, começou de forma descontraída mas terminou com confrontos. REUTERS/Rodrigo Garrido

Pelo menos dois estudantes morreram durante uma manifestação nesta quinta-feira (14) em Valparaiso. As vítimas foram atingidas por tiros durante o protesto ligado à reforma do sistema de educação lançada pela presidente chilena Michelle Bachelet.


De acordo com o responsável da polícia de Valparaiso, Julio Pineda, as duas vítimas fatais tinham 18 e 24 anos. Segundo testemunhas, os disparos teriam sido feitos por um jovem que vive em uma das casas onde os estudantes tentavam colar cartazes durante a manifestação. O autor dos tiros foi preso.

Milhares de estudantes participaram do protesto que, apesar do clima festivo, terminou com confrontos entre policiais e manifestantes mascarados, armados com pedras e pedaços de madeira. A polícia reagiu com jatos d’água. A passeata de Valparaiso faz parte de um movimento de contestação que tomou várias cidades dos Chile, inclusive a capital Santiago.

Herança da ditadura de Pinochet

Os estudantes chilenos reivindicam um ensino público de qualidade e uma reforma do sistema educativo. O modelo atual em vigor no Chile, amplamente privatizado e desigual, ainda é herança da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

Em janeiro passado, a primeira parte de uma reforma da educação foi aprovada. O novo modelo suprimiria o sistema de seleção de estudantes e os lucros das escolas financiadas pelos Estado. No entanto, ainda não se sabe como a presidente Michelle Bachelet, que lançou o projeto, vai cumprir a promessa de estabelecer um ensino superior gratuito para os 70% mais pobres do país.

A manifestação acontece alguns dias após a formação de um novo governo pela chefe de Estado, que tenta sair da crise de confiança provocada por vários casos de corrupção, envolvendo inclusive seu próprio filho.