rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Estados Unidos Hillary Clinton Donald Trump

Publicado em • Modificado em

Hillary promete contar bastidores da derrota eleitoral em novo livro

media
Hillary Clinton promete contar em seu novo livro 'o que aconteceu' durante campanha eleitoral. REUTERS/Brendan McDermid

A ex-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton prometeu explicar em seu novo livro "o que aconteceu" durante a última campanha eleitoral. A publicação, prevista para ser lançada em 12 de setembro, é apresenta pela ex-secretária de Estado como sua obra "mais pessoal".


Desde sua derrota eleitoral para Donald Trump em 8 de novembro de 2016, Hillary Clinton falou várias vezes em público. A candidata reconheceu ter cometido erros durante sua campanha, mas nunca os detalhou, e adiou sua explicação até a publicação desse livro.

Agora, "What Happened" ("O que aconteceu", em tradução livre) revelará o que Hillary "pensou e sentiu durante uma das eleições presidenciais mais polêmicas da história", prometeu na quinta-feira (27) a editora Simon & Schuster em um comunicado. "No passado, e pelas razões que eu tento explicar (no livro), senti que deveria ser prudente em público, como se caminhasse sobre um fio sem rede de segurança", explica na introdução de "What Happened". "Hoje baixo a guarda", acrescentou a democrata.

Hillary promete compartilhar "a intensa experiência pessoal que constitui o fato de ser a primeira mulher candidata de um dos grandes partidos em uma eleição marcada pelo furor, o sexismo, as alturas embriagadoras e as baixezas exasperantes, além das reviravoltas mais inesperadas que em uma ficção". Segundo o comunicado da editora, essa campanha também deixará lembrança da "ingerência russa e de um adversário que violou todas as regras".

A campanha tem ecoado até agora na atualidade política internacional. Envolvido em uma investigação sobre seus laços com a Rússia e promessas não cumpridas, o presidente Donald Trump decidiu atacar sua ex-rival democrata, alegando que ela pode ser processada.

Hillary Clinton já escreveu e publicou várias obras, a primeira delas em 1996, "It Takes a Village", sobre a educação infantil, e também a autobiografia "Living History".

(Com informações da AFP)