rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Estados Unidos Donald Trump

Publicado em • Modificado em

Trump demite Scaramucci, terceiro diretor de comunicação de seu mandato

media
Anthony Scaramucci provocou polêmica em apenas dez dias no cargo. ® REUTERS/Jonathan Ernst

O diretor de comunicação da Casa Branca, Anthony Scaramucci, que havia sido nomeado há apenas dez dias pelo presidente Donald Trump, foi demitido. Ele é o terceiro a deixar o cargo desde o início do mandato do chefe de Estado, em janeiro passado.


Segundo informações divulgadas pelo jornal New York Times, que anunciou a saída de Scaramucci, Donald Trump decidiu demitir o diretor de comunicação a pedido do novo secretário-geral da Casa Branca, John Kelly, que assumiu oficialmente o cargo nesta segunda-feira (31). Em um comunicado oficial, a porta-voz da presidência americana Sarah Sanders informou que Scaramucci preferiu partir para deixar Kelly formar suas próprias equipes.

Scaramucci, milionário do ramo das finanças de Nova York, chegou à Casa Branca prometendo servir aos interesses de Trump e ajudar a ajeitar uma administração oscilante. Ao ser nomeado diretor de comunicação, ele assegurou que o presidente o havia escolhido para colocar fim aos vazamentos de informações para a imprensa. Mas sua chegada à Casa Branca desatou uma feroz briga interna e provocou a renúncia imediata do porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer.

O diretor de comunicação ficou famoso na semana passada após uma entrevista na qual ele insultava abertamente vários colaboradores de Trump. Um dos alvos de suas críticas foi o ex-secretário-geral da Casa Branca, Reince Priebus, demitido na sexta-feira passada. “Reince é um esquizofrênico paranoico de merda", disse, ao acusar o chefe de gabinete pelos vazamentos de informações.

Scaramucci não se desculpou pelas ofensas, mas disse que tentaria ter cuidado com sua linguagem no futuro.

(Com informações da AFP)