rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Muro EUA México

Publicado em • Modificado em

Venezuela nega suposta incursão militar na Colômbia

media
Soldado venezuelano durante exercício militar em Caracas (26/08/17). REUTERS/Andres Martinez Casares

O ministro de Defesa da Venezuela, o general Vladimir Padrino, qualificou neste domingo de falsas as denúncias sobre uma suposta incursão militar venezuelana na Colômbia.


"Quero negar todas as declarações que tenham se originado da Colômbia denunciando a ida de unidades militares da Guarda Nacional" a Paraguachón, localidade fronteiriça situada em La Guajira, disse Padrino em um discurso às tropas.

"Essas versões são totalmente falsas", acrescentou o general após exercícios militares realizados pela Força Armada venezuelana em Guárico, ordenados pelo presidente Nicolás Maduro após a advertência do presidente americano Donald Trump sobre uma possível "opção militar" frente a crise venezuelana.

Incursão em motos

No sábado (26), o governador da localidade colombiana de La Guajira, Weildler Guerra, denunciou no Twitter que cerca de vinte militares em motocicletas entraram na zona, fizeram disparos ao ar e "roubaram dinheiro e celulares de vários cidadãos".

Padrino também se referiu a um combate que ocorreu no sábado entre o exército venezuelano e um grupo armado colombiano na fronteira do estado de Táchira, que deixou seis mortos e dois militares feridos.

"Os grupos paramilitares que perturbam o povo da fronteira serão expulsos" do país, comentou o ministro.

(com informações da AFP)