rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

EUA Canadá Onda de frio

Publicado em • Modificado em

Onda de frio extremo atinge norte dos Estados Unidos e Canadá

media
Termômetros devem registrar até -50ºC em Ontário AFP

Um morador de rua morreu congelado, nesta quarta-feira (27), em um ponto de ônibus no estado americano de Ohio, uma das regiões atingidas pela onda de frio sem precedentes, tanto por seu alcance como por sua duração, que abrange o norte dos Estados Unidos e também o Canadá.


"Jamais conheci um frio que se instalasse por tanto tempo em uma extensão tão grande", confirmou à AFP o meteorologista da agência federal de meio ambiente canadense, Alexandre Parent.

Segundo Parent, o norte de Ontário pode registrar até -50ºC. Diante dessa situação, a agência federal lançou advertências em algumas províncias contra esta onda de frio extremo. "Estamos entre 10 e 20 graus Celsius abaixo do que é habitual nesta estação", explicou Parent.

Estado de emergência

Nos Estados Unidos, foram registradas temperaturas baixíssimas em Duluth, Minnesota (-37,7ºC), e Minot, Dakota do Norte (-29ºC).

Uma tempestade provocou um recorde de quase 1,5 metro de neve em 48 horas na cidade de Erie, na Pensilvânia, obrigando as autoridades a declararem estado de emergência.

Segundo dados do Serviço Meteorológico Nacional, os 86 centímetros de neve que caíram em 25 de dezembro foram a marca mais alta já registrada na cidade, batendo um recorde de 1956.

Também foram registradas temperaturas atipicamente baixas nos estados do Atlântico Norte. Em Nova York, as autoridades meteorológicas informaram que os termômetros devem marcar entre -12,7ºC e -6,6ºC até sábado (30), algo "muito abaixo do normal".