rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Brasil- América Latina
rss itunes

Brasil compra 335 mil toneladas de ureia da Bolívia

O governo da Bolívia consolidou esta semana a venda de 335 mil toneladas de ureia para o Brasil. O produto, que é um fertilizante, vai reforçar o comércio bilateral. O território brasileiro é o destino de 19% das exportações da Bolívia, iniciadas há alguns anos com a venda de gás boliviano.

Por Elianah Jorge, correspondente da RFI Brasil na Bolívia

A compra da ureia foi um dos temas da reunião entre os presidentes Michel Temer e Evo Morales, realizada em Brasília em dezembro passado. O produto é utilizado no setor do agronegócio e é considerado como um dos trunfos para aumentar as exportações bolivianas. Um dos representantes do governo boliviano destacou que “o Brasil é o mercado ideal para a ureia por causa dos baixos custos”.

Henrique Pissaia, especialista em desenvolvimento e integração internacional, explicou à RFI o motivo da transação. “Para o Brasil, além de diminuir muito os gastos, há uma grande demanda. Quase não produzimos a ureia e importamos 60% deste fertilizante. Nosso único produtor hoje é a Petrobras", declara. 

Ureia boliviana vai direto para o Centro-Oeste do Brasil

É na região Centro-Oeste do Brasil que estão os principais produtores do agronegócio brasileiro, mercado dependente da ureia. O fertilizante é principalmente usado nas plantações de soja, de cana de açúcar e que também serve para alimentar o gado.

A China é um dos fornecedores de ureia para o Brasil, por isso a proximidade geográfica do território brasileiro com a Bolívia também teve peso nesta transação, conta Pissaia. “Comprando diretamente da Bolívia, que é um parceiro e um vizinho, dá para diminuir os custos em relação à entrada dessa ureia pelo Porto de Santos, atravessar todo o Brasil até chegar a Mato Grosso. Assim ela já entra diretamente pelo foco que é Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. E dá para distribuir para vários Estados em menor escala”, afirma.

Bolívia melhora resultados econômicos

A Bolívia é um dos países sul-americanos com os melhores resultados econômicos da região. Um dos pilares da economia boliviana é a exportação de gás, mas o governo do presidente Evo Morales quer diversificar e industrializar o país

Eventual condenação de Lula alimentaria demanda por transparência na região, diz cientista político

Vinho argentino vira atração para turistas brasileiros em Buenos Aires

Missionárias brasileiras, os anjos dos migrantes venezuelanos em Bogotá

Bienal de Arte aposta na realidade aumentada para projetar América do Sul para o mundo

Artistas plásticos brasileiros expõem Sgt. Pepper's em templo Beatle de Buenos Aires

"As pessoas estão comendo lixo na rua", diz chef brasileira na Venezuela

Crise no Brasil não afasta imigrantes venezuelanos: “Ter comida vale sacrifício”