rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Venezuela Nicolás Maduro Crise Redes Sociais Vídeo Istambul Restaurante

Publicado em • Modificado em

Vídeos de Maduro comendo churrasco em Istambul provocam indignação na Venezuela

media
O presidente venezuelano Nicolás Maduro (dir.) em um dos vídeos que o mostram durante jantar em restaurante chique de Istambul. Ao fundo, o famoso chef turco chef turco Nusret Gökçe - conhecido como "Salt Bae". Reprodução Youtube

Vídeos do presidente venezuelano Nicolás Maduro, banqueteando-se com cortes suculentos de carne em um restaurante chique de Istambul, na Turquia, divulgados nas redes sociais, provocaram uma onda de indignação na Venezuela nesta segunda-feira (17), onde a população passa por uma grave crise econômica, com escassez de bens de primeira necessidade.


"Só vemos isso uma vez em nossa vida", saboreou Nicolás Maduro, enquanto o chef turco Nusret Gökçe - apelidado de "Salt Bae" - cortava pedaços de carne em um de seus restaurantes, frequentado por celebridades como Leonardo Di Caprio e Cristiano Ronaldo.

O chefe de Estado venezuelano, que retornava na segunda-feira (17) de sua viagem à China, onde assinou acordos de cooperação econômica, realizou uma parada com sua comitiva em Istambul. Segundo ele, a escala respondia a um convite para um almoço das autoridades turcas.

"O Chavismo está pedindo um empréstimo para a China porque você não tem dinheiro para pagar suas dívidas e depois você vai a um restaurante de luxo", tuitou o especialista em mídia digital Luis Carlos Díaz.

Assista o vídeo:

Os preços do restaurante de Salt Bae variam de US$ 70 (cerca de R$ 290) a US$ 250 (R$ 1033), segundo a mídia especializada, o que equivaleria a entre dois e oito meses de salário mínimo na Venezuela, de acordo com a taxa de câmbio.

Em outro dos vídeos que viralizou nas redes sociais, Maduro fuma um charuto cubano. "Comer carne e fumar charutos com os dólares que faltam para comprar remédios e alimentos: PRESIDENTE DOS TRABALHADORES", denunciou o dissidente venezuelano Nicmer Evans, referindo-se à escassez de produtos essenciais na Venezuela.

"Vejo você em breve em Caracas, obrigado", disse Nicolas Maduro, despedindo-se do chef Salt Bae. De acordo com uma pesquisa das principais universidades da Venezuela, 60% da população venezuelana perdeu uma média de 11 quilos devido a uma dieta deficiente em proteínas.