rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Estados Unidos México Fronteiras América Central Imigração ilegal

Publicado em • Modificado em

Polícia dos EUA prende 42 migrantes que atravessaram fronteira com o México

media
Polícia tenta capturar migrantes na fronteira do México com os EUA REUTERS/Adrees Latif

As autoridades dos Estados Unidos informaram nesta segunda-feira (26) que 42 pessoas foram detidas em território americano, após terem atravessado clandestinamente a fronteira mexicana. Eles fazem parte dos migrantes vindos da América Central que acampavam na cidade de Tijuana.


Os migrantes detidos são em sua maioria homens e fazem parte do grupo de 500 pessoas que haviam tentado atravessar a fronteira, mas que tinham sido impedidos pelas autoridades locais. “Para ser honesto, muitas outras pessoas conseguiram atravessar sem ser presas”, confessou Rodney Scott, responsável pela polícia fronteiriça.

Diante da entrada dos migrantes, que furaram o bloqueio, as autoridades americanas informaram que já estão construindo um novo muro na fronteira, mas que a barreira ainda não foi concluída. “Algumas partes estavam em péssimo estado”, relatou Rodney Scott.

O presidente Donald Trump vem ameaçando fechar totalmente a longa fronteira entre Estados Unidos e México se a situação não se acalmar. Cerca de 9 mil soldados norte-americanos já foram enviados para a região.

Mais de 5 mil migrantes da caravana de centro-americanos chegaram nos últimos dias em Tijuana, após terem percorrido 4 mil quilômetros em pouco mais de um mês. A maioria deles foge da pobreza e da violência em Honduras, mas também em outros países da região.

Ainda nesta segunda-feira, o governo mexicano anunciou ter expulsado de seu território 98 dos migrantes centro-americanos que tentaram entrar à força nos Estados Unidos.