rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Internet Brasil Ilegal

Publicado em • Modificado em

Hackers atacam sites brasileiros em represália a fechamento de site

media
Na quinta-feira, polícia americana prendeu fundadores do maior site de downloads ilegais, o Megaupload. Reuters

O grupo de hackers Anonymous atacou na madrugada deste sábado os sites do governo do Distrito Federal de Brasília e da cantora brasileira Paula Fernandes para protestar contra o fechamento do site de downloads Megaupload.com. O Anonymous publicou mensagens no Twitter relatando os ataques a uma centena de sites de Brasília, sob o domínio "df.gov.br", que duraram quase duas horas (das 2h47 até as 4h20, no horário local).


A assessoria do governo negou que os hackers tenham conseguido realizar as invasões e afirma que a pagina é monitorada 24 horas por dia. O ciberataque atingiu também o site da cantora brasileira Paula Fernandes: em sua página na web apareceu uma mensagem em inglês na qual era possível ler: "Se o Megaupload está fora do ar, você também está!", assinada por "GhostOffThreads" e com a imagem de 'V', do filme "V de vingança", símbolo do grupo, em branco e preto.

O Anonymous, um grupo de hackers disseminados pelo mundo inteiro e representados por uma máscara em branco e preto com um sorriso sarcástico, desativou na véspera, por várias horas, os sites do FBI e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em protesto pelo fechamento do Megaupload.com por parte da polícia federal americana, na quinta-feira.

No final da noite de sexta-feira, o Anonymous também atacou o site do Eliseu, a sede da Presidência francesa, depois que o presidente francês, Nicolas Sarkozy, saudou em um comunicado a decisão do tribunal federal americano de fechar o site Megaupload.com, uma das mais importantes plataformas de troca de arquivos na internet.

O Megaupload.com contava com mais de 150 milhões de usuários e 50 milhões de visitantes por dia, ou seja, 4% do tráfego mundial na rede. Segundo o FBI, o site "organiza a distribuição em massa" ilegal de conteúdo protegido por direitos autorais.