rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Copa do mundo França Futebol Honduras

Publicado em • Modificado em

França estreia na Copa com vitória de 3 a 0 contra Honduras

media
(Foto: Reuters)

A equipe francesa estreou em grande estilo no Mundial neste domingo (15) no estádio Beira Rio, em Porto Alegre. O atacante Karim Benzema foi a estrela da partida e o autor de dois gols, além de ter armado a jogada para o segundo, considerado oficialmente como contra e validado pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci graças ao uso da tecnologia da linha de gol.


A França teve a vantagem de jogar a maior parte do tempo com um jogador a mais, depois da expulsão do zagueiro Palacios, de Honduras, aos 42 minutos do primeiro tempo. No primeiro pênalti marcado pelo craque Karim Benzema, os franceses, que tiveram várias oportunidades de gol, aproveitaram a vantagem para definir melhor os passes e avançar em direção à área adversária.

"Meu objetivo era fazer um bom jogo e jogar meu futebol sem pressão, é o que tentei fazer nesta noite", disse o craque Karim Benzema na coletiva de imprensa logo depois do jogo.

Nos primeiros dois minutos do segundo tempo, Karim Benzema cruzou a bola pela direita na área, que bateu nas costas do goleiro Noel Valadares e ultrapassou a linha adversária.

Pela primeira vez na história, a tecnologia de linha de gol foi utilizada para validar um gol na Copa.O árbitro brasileiro teve a confirmação em tempo real em seu relógio. Os doze estádios do Mundial foram equipados de uma tecnologia conhecida como Goal-Control 4-D. O sistema, concebido por uma empresa alemã, funciona com 14 câmeras, sete para cada um dos dois gols.

"Não sei se para o futebol é bom ter todas essas câmeras, mas o essencial é que ganhamos", disse o craque francês, questionado pelos jornalistas.

Os bleus, como é conhecida a equipe francesa, têm a missão de apagar a imagem deixada pelo time na Copa do Mundo de 2010 na África do Sul, quando os jogadores entraram em greve durante o treino. Mas, dizem os comentaristas, se depender da partida deste domingo, o episódio já ficou para trás.

Sistema de som falha e equipes não cantam hino

Por conta de uma falha no sistema de som do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, os hinos nacionais de ambas as equipes também não puderam ser executados. A Fifa emitiu um comunicado se desculpando pelo incidente e assegurou que verificará o problema que impediu a execução da Marselhesa e do hino de Honduras.