rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Imprensa Futebol Copa do mundo Brasil

Publicado em • Modificado em

"Brasil magnífico e eficaz merece ir à Copa da Rússia", diz a imprensa francesa

media
"Um Brasil magnífico e eficaz no ataque", exalta o Le Figaro Reprodução

Os resultados da 13ª rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia em 2018 estão em destaque na imprensa francesa nesta sexta-feira (24). "Um Brasil magnífico e eficaz no ataque", exalta o Le Figaro após a vitória do Brasil por 4 a 1 contra o Uruguai. A seleção brasileira fez uma partida quase perfeita, com três gols de Paulinho e um de Neymar, acrescenta o diário francês.


Apesar dos contra-ataques dos uruguaios no estádio Centenário, em Montevidéu, o volante Paulinho não deixou nenhuma chance ao goleiro Martin Silva. O Brasil, que havia começado o jogo em desvantagem, demonstrou força ofensiva e sólida defesa do momento do empate até o fim da partida.

A seleção brasileira deu, assim, um grande passo para a classificação no Mundial, acumulando a sétima vitória consecutiva desde a nomeação de Tite como técnico. Agora, o Brasil tem sete pontos de vantagem sobre o Uruguai e o caminho aberto para chegar à Rússia, escreve o Le Figaro.

Paulinho e Neymar arrasam o Uruguai e a Argentina acorda

O canal de TV BFM reitera que o Brasil deu um grande passo para sua classificação no Mundial da Rússia. "O resultado deixou infeliz o atacante uruguaio Edinson Cavani, mas, mais uma vez, o jogador do PSG não conseguiu superar Neymar, a estrela do Barcelona, diz a emissora, referindo-se à vitória classificação espetacular do barça contra o PSG na Liga dos Campeões.

O esportivo L'Equipe afirma que a seleção massacrou o Uruguai, ressaltando que apesar do pênalti convertido por Cavani aos 9 minutos do primeiro tempo, o Brasil se mostrou muito superior ao adversário. Neymar participou do festival ofensivo, relata o L'Equipe, e marcou um gol suntuoso na segunda metade do jogo. Mas o que será lembrado dessa partida, diz o diário, é a atuação excepcional de Paulinho, o meio de campo do clube chinês Guangzhou Evergrande, que marcou três e ampliou para seis o número de gols marcados pela seleção brasileira.

Com 10 pontos de vantagem sobre o quinto colocado no grupo sul-americano, o Brasil pode considerar que já fez o necessário para participar da fase final da Copa. Sem o atacante Luis Suarez, suspenso no jogo de ontem, a Celeste conserva o segundo lugar no grupo, mas vê a Argentina chegar perto, após a vitória de 1 a 0 contra o Chile nessa auinta-feira, conclui o L'Equipe.