rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Autor do atentado de Manchester integrava célula terrorista, diz polícia

França Brasil Vinho Queda Europa Argentina

Publicado em • Modificado em

Brasil registra maior queda na produção mundial de vinho

media
Vinhedos em Bento Gonçalves (RS) Divulgação

A produção mundial de vinho caiu 3,2% em 2016, a 267 milhões de hectolitros (Mhl), contra 276 Mhl em 2015, anunciou na terça-feira (11) a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). Em porcentagem, o maior retrocesso foi registrado no Brasil (-55%), que é o 20º produtor mundial.


Os países latino-americanos, que sofreram o fenômeno climático El Niño, figuram entre os mais afetados. A Argentina produziu 3,9 milhões de hectolitros a menos que em 2015.

"Estamos em uma média baixa devido a fenômenos climáticos que afetaram várias regiões do mundo", comentou Jean-Marie Aurand, diretor-geral da OIV.

Em volume, os maiores retrocessos foram registrados na França (-3,5 Mhl), segundo produtor mundial, e na Argentina (-3,9 Mhl).

Por sua vez, a África do Sul sofreu com os "efeitos da seca", produzindo 6% a menos de vinho em 2016. Mundialmente, a superfície vitivinícola se estabilizou em 7,5 milhões de hectares.

Cinco países representam mais de 50% da superfície dedicada aos vinhos: Espanha, China, França, Itália e Turquia.