rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Brasil China Michel Temer Visita oficial

Publicado em • Modificado em

Temer afirma em Pequim que Brasil "voltou ao trilho do desenvolvimento"

media
O presidente Michel Temer participou neste sábado (2) de um seminário com empresários brasileiros interessados no Brasil. REUTERS/Lintao Zhang/Pool

O presidente Michel Temer continua na China onde participa a partir deste domingo (3) da 9ª cúpula do Brics. Neste sábado (2), ele participou em Pequim do encerramento do Seminário sobre Oportunidades de Investimento, que reuniu empresários chineses interessados no Brasil.


Vivian Oswald, correspondente da RFI na China

No último dia da visita de Estado a Pequim, o presidente Michel Temer afirmou a uma plateia de 360 empresários que a recuperação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro aconteceu em pouquíssimo tempo, depois de oito meses consecutivos de recessão e que o país "voltou ao trilho do desenvolvimento". A economia braseira cresceu 0,2% no segundo trimestre do ano, segundo dados do IBGE anunciados nesta sexta-feira. Nos primeiros três meses a expansão havia sido de 1%.

"O Brasil está de volta e aguardando os empresários chineses", disse Temer. Segundo ele, a economia já demonstra os primeiros resultados das medidas tomadas pelo governo. "Fizemos tanto nos últimos 15 meses que nem parece que só se passaram 15 meses", enfatizou.

Juros devem continuar caindo

O presidente informou que neste período a inflação passou de 10% a 2,71%. Disse ainda que os juros também estão caindo e devem fechar 2017 entre 7% e 7,5% ao ano, de acordo com as estimativas de mercado, como frisou.

Temer embarca na manhã de domingo para a cidade portuária de Xiamen, onde acontece a nona cúpula do Brics entre os dias 3 e 5. Diante do noticiário doméstico no Brasil, estima-se que o presente deva encurtar a sua estada na China em um dia. Em vez de voltar em 5 de setembro conforme o previsto, pode antecipar o retorno para o dia 4.