rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“É um momento de celebração de mulheres em Cannes”, diz a atriz Mariana Ximenes

Por Patricia Moribe

Mariana Ximenes está encantada com Cannes. “É muito bom ser mulher, estar aqui como atriz, que é o meu oficio, com um filme, celebrando este momento, esta união de mulheres”, diz a atriz brasileira, protagonista de O Grande Circo Místico, de Cacá Diegues, que teve sessão especial em Cannes.

A atriz paulistana participou no último sábado (12) do ato com 82 mulheres da indústria cinematográfica, que protestaram nas escadarias de Cannes contra o assédio e inequidade de oportunidades para mulheres. Fizeram parte da manifestação nomes como Cate Blanchett, Agnès Varda, Salma Hayek e tantas outras.

“Eu acredito muito no movimento, não de segregar, mas sim de agregar. Mas também que os homens possam refletir sobre o assunto e ter uma outra postura diante das mulheres”, explica Mariana. “O que tem acontecido hoje é a reflexão, a conscientização de que a gente precisa de sororidade, de igualdade”, completa.

“Sendo mulher é muito raro que a gente não tenha passado por alguma situação delicada”, diz Mariana. “Mas na época, a gente não realizava que era assédio. A gente se defendia, às vezes de uma forma não tão direta. Sim, isso aconteceu comigo, não foi uma experiência tão agressiva, mas hoje em dia a gente tomou consciência e, mais que isso, falamos abertamente sobre o assunto”, completa.

Trapézio nas alturas

Em O Grande Circo Místico, ela é Margarete, trapezista e excêntrica, que herda um circo que passa por cinco gerações de uma família. “É uma personagem muito forte, silenciosa, mas com uma tempestade dentro dela. Foi uma composição bem complexa, porque além da parte psicológica, é um personagem muito físico. Fiz quase quatro meses de trapézio para entender como é estar lá em cima, usar a força do corpo e ter a disciplina do atleta para compor Margarete”.

Mariana está atualmente de férias. Depois de rodar uma minissérie, ela foi passear na Ásia e fez agora uma escala em Cannes. “Mas quero voltar ao cinema o mais rápido possível”, avisa a atriz.

Após turnê internacional, cantora Flávia Coelho volta ao estúdio em Paris para gravar 4° álbum

"Vitimização de Lula é estratégia do PT para angariar votos", diz cientista político

Sergio Amadeu: combate à desinformação na rede é importante mas não pode virar censura

“Nosso trabalho é mais valorizado fora do Brasil”, diz Sandra Veloso, do Balé Folclórico de Fortaleza

Ilustradora Suppa e Miguel Falabella criam canal no Youtube para crianças de todas as idades

A carne é um objeto de sedução e excitação, diz Júlio Bressane em Locarno

Calixto Neto dança a “ira” para reinventar “corpos minoritários” no Festival Camping, em Paris

"Rever acordos de paz com as FARC é um risco para novo presidente da Colômbia”, diz historiador

Em Arles, Thyago Nogueira, do IMS, divulga fotografia brasileira contemporânea

Cineasta franco-suíço apresenta filme sobre a busca por entrevista com João Gilberto

Documentário brasileiro “Zaatari” revela força e poesia de refugiados sírios na Jordânia

Crise ameaça renovação da classe científica brasileira, diz Marcelo Viana, organizador do Congresso Internacional de Matemáticos

Revista acadêmica francesa lança número especial sobre crise política no Brasil

"Existe um índio dentro de cada brasileiro", diz Ernesto Neto, em cartaz com a escultura monumental GaiaMotherTree na Suíça

Turistas brasileiros cada vez mais interessados em história da arte em Paris

“Riqueza infinita”: apresentador Gilles Bourgarel promove música brasileira há 14 anos na Françar