rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
A Semana na Imprensa
rss itunes

Filme sobre Edir Macedo ilustra poder dos evangélicos no Brasil, diz Le Monde

Por Silvano Mendes

A revista M do jornal francês Le Monde traz matéria de página inteira sobre o filme “Nada a Perder”, que conta a história do pastor Edir Macedo. A correspondente no Brasil relata a polêmica sobre o sucesso de bilheteria da trama, apesar de ter sido mal recebida pela crítica.

A reportagem explica que o filme, dirigido por Alexandre Avancini, já registrou mais de 10,5 milhões de espectadores nas salas, apesar da frieza da imprensa brasileira. Ela relata que o jornal O Globo compara o filme a um vídeo de campanha política, enquanto a Folha de S.Paulo vê no projeto uma ferramenta para ampliar a influência cultural da Igreja Universal. Já o jornal El País, citado pelo Le Monde, fala de um filme “condescendente e cansativo”.

Mas a jornalista Claire Gatinois se interessa principalmente pelo fato de que, ao tentar assistir ao filme nos cinemas, constatou que todas as sessões estavam completas. Segundo ela, um funcionário da bilheteria explicou que há semanas todos os ingressos eram comprados por Edir Macedo. “Um batalhão de pastores, preocupados em iluminar seus rebanhos carentes, teria desembolsado milhares de reais para comprar os ingressos e, em seguidas, distribui-los gratuitamente durante os cultos”, conta a correspondente, tentando explicar o “milagre de ‘Nada a Perder’”.

Igreja Universal acusa imprensa brasileira

A revista relata que a igreja nega as acusações, mas afirma que “os fiéis se mobilizaram para que o maior número de pessoas fosse ver o filme”. Para a Igreja Universal, a imprensa brasileira estaria apenas desconfortável com o sucesso do projeto e com a oportunidade que ele representa de “mostrar a verdadeira história de Edir Macedo”, cita a revista.

O texto lembra que o fundador da Igreja Universal é controverso: a imprensa o vê como um “bilionário acusado de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, fraudes e evasão fiscal”, enquanto a Igreja Universal o apresenta como um semideus que deseja apenas salvar almas. “Obra de arte para os crentes, fisco para os cinéfilos e máquina de lavar dinheiro sujo para os mais desconfiados”, resume a jornalista.

“Mas uma coisa é certa”, continua o texto. “‘Nada a Perder’ ilustra o poder crescente dos cultos evangélicos no Brasil, que passou de 5% de fieis nos anos 1970 para 22% atualmente”, pontua. Além disso, “o projeto mostra os esforços da Igreja Universal do Reino de Deus, que já tem um canal de televisão, novelas e até um prefeito (do Rio de Janeiro) para se promover”, finaliza a revista M do jornal francês Le Monde.

Figurinos de Jean Paul Gaultier para Portela já despertam interesse dos franceses

Revista L’Obs traz matéria sobre o “Fascismo Tropical” de Bolsonaro

Revista francesa traz perfil de vice de Bolsonaro, um “general sinistro”

Com recompensa de US$ 25 mi, líder do grupo EI é o homem mais procurado do mundo

Rival de Merkel consegue se impor como homossexual em partido homofóbico

Qualquer que seja o presidente eleito, será difícil tirar Brasil da crise, diz revista francesa Le Point

Psiquiatras franceses defendem Plano Nacional para tratar distúrbios mentais

Revista revela casos de assédio sexual nos conservatórios musicais da França

Livro mostra como poder econômico compra eleição e enfraquece democracia

Francesa mostra circuito de 200 motéis como atração turística do Rio de Janeiro

Revista L’Obs questiona “o que é ser um homem na era pós #Metoo”

Exposição com fotos inéditas dos bastidores da Nouvelle Vague é destaque na imprensa francesa

“Cães dos poderosos”: animais de estimação de presidentes franceses são capa da revista do Le Monde

Projeto de extração de ouro na Guiana Francesa vira "mina da discórdia"