rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Diálogo com a criança é extremamente importante”, diz autora de livro infantil sobre câncer de mama

Por Silvano Mendes

Como explicar a delicada realidade do câncer para as crianças? Para responder a essa pergunta, a autora Ivna Chedier Maluly escreveu o livro infantil “Maman, il est où ton sein ?” (“Mamãe, cadê seu peito?”, em português). A escritora foi convidada para falar a respeito no RFI Convida.

A ideia veio de uma situação que pode fazer parte da vida de diversas mulheres: a escritora estava fazendo os curativos no banheiro de sua casa quando foi surpreendida por seu filho, que espantou-se com a ausência de um de seus seios. “Onde ele está, mamãe?”, perguntou.

“Tive que me virar rapidamente para explicar, o que era algo que eu já tinha vontade de fazer, porque acho interessante falar abertamente com a criança. Esse livro fala de um diálogo e de uma conversa franca entre uma mãe e um filho”, diz Ivna Chedir.

No livro, a cena da descoberta da ausência de seio foi substituída por uma outra, fictícia, em que o personagem Elias vê sua mãe no banheiro e pergunta “Ué, mamãe, alguém roubou seu peito?”.

Discurso médico não é adequado para crianças

Eu também tive a mesma experiência, minha mãe teve câncer de mama e, na época, eu não falei nada com ninguém, fiquei muito estressada”, conta. “A criança, na verdade, elas sentem tudo, elas não são racionais como a gente. Meu filho via que eu estava estressada, mas fiquei calada. Dois anos depois, eu tive a mesma experiência e decidi contar tudo para ele, só que ele foi mais rápido que eu.”

Na época, Ivna estava sob acompanhamento de um terapeuta, que a aconselhou a “falar a verdade”. “Sem dar muitos detalhes, porque ele não ia entender tudo. Vamos situar a criança da maneira que ela está vivendo ali. A mãe estava triste, a mãe foi para o hospital, a mãe estava com dor, e o médico decidiu que o peito tinha que ser retirado. E eu ia situando ele todos os dias um pouquinho”, declara.  

“Romances em quadrinhos estão em momento especial”, diz ilustradora Luli Penna

“Sociedade civil é quem vai mudar o Brasil”, diz empresária Luiza Trajano em Paris

“É preciso regulação para que investigações sobre fake news não demorem anos”, diz especialista

"O problema do brasileiro é se conformar que Bolsonaro está eleito", diz Delfim Netto

Fotógrafa francesa Charlotte Dafol expõe em Paris imagens de ocupações brasileiras

“Atualmente, a França me dá mais perspectivas que o Brasil”, diz cantora Camila Costa que lança CD em Paris

"Trump colocará na conta dos democratas tudo o que não conseguir fazer", diz ex-correspondente do NYT no Brasil

"Governo brasileiro precisa facilitar exportação para pequenos empresários", afirma designer de joias

Grupo franco-brasileiro Bel Air de Forró é finalista em concurso internacional

"Brasil caminha muito mais para o isolamento do que para uma relação integrada com a comunidade internacional," diz cientista político

“A oratória de protesto do rap estava um pouco adormecida”, diz MC Rael, em turnê na Europa

Pintora brasileira radicada na França denuncia desmatamento da Amazônia em telas gigantes

Diretora de teatro de Belo Horizonte divulga festival artístico interdisciplinar em Paris

Bolsonaro representa uma continuidade do que está acontecendo hoje no Brasil, diz historiador americano

“Estamos todos ameaçados”, diz escritor João Paulo Cuenca sobre Bolsonaro

Cordel se adapta à tecnologia e tem até desafio repentista por WhatsApp, diz pesquisadora francesa

"Brasil vive época propícia para arte subversiva", diz autor de livro sobre cena musical psicodélica

Livro sobre Dandara, líder do movimento negro do Quilombo dos Palmares, é lançado na França

“Uso da religião está sendo deturpado nas eleições", diz médium Divaldo Franco