rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Diálogo com a criança é extremamente importante”, diz autora de livro infantil sobre câncer de mama

Por Silvano Mendes

Como explicar a delicada realidade do câncer para as crianças? Para responder a essa pergunta, a autora Ivna Chedier Maluly escreveu o livro infantil “Maman, il est où ton sein ?” (“Mamãe, cadê seu peito?”, em português). A escritora foi convidada para falar a respeito no RFI Convida.

A ideia veio de uma situação que pode fazer parte da vida de diversas mulheres: a escritora estava fazendo os curativos no banheiro de sua casa quando foi surpreendida por seu filho, que espantou-se com a ausência de um de seus seios. “Onde ele está, mamãe?”, perguntou.

“Tive que me virar rapidamente para explicar, o que era algo que eu já tinha vontade de fazer, porque acho interessante falar abertamente com a criança. Esse livro fala de um diálogo e de uma conversa franca entre uma mãe e um filho”, diz Ivna Chedir.

No livro, a cena da descoberta da ausência de seio foi substituída por uma outra, fictícia, em que o personagem Elias vê sua mãe no banheiro e pergunta “Ué, mamãe, alguém roubou seu peito?”.

Discurso médico não é adequado para crianças

Eu também tive a mesma experiência, minha mãe teve câncer de mama e, na época, eu não falei nada com ninguém, fiquei muito estressada”, conta. “A criança, na verdade, elas sentem tudo, elas não são racionais como a gente. Meu filho via que eu estava estressada, mas fiquei calada. Dois anos depois, eu tive a mesma experiência e decidi contar tudo para ele, só que ele foi mais rápido que eu.”

Na época, Ivna estava sob acompanhamento de um terapeuta, que a aconselhou a “falar a verdade”. “Sem dar muitos detalhes, porque ele não ia entender tudo. Vamos situar a criança da maneira que ela está vivendo ali. A mãe estava triste, a mãe foi para o hospital, a mãe estava com dor, e o médico decidiu que o peito tinha que ser retirado. E eu ia situando ele todos os dias um pouquinho”, declara.  

Crise na Igreja Católica brasileira é uma das razões da diminuição de fiéis, explica sociólogo

“Discurso de ódio de Bolsonaro favorece ataques contra imprensa”, diz representante da RSF no Brasil

“Torre das Donzelas é um convite à resistência”, diz cineasta que reviveu presídio feminino durante a ditadura

“Acredito na resiliência do setor cultural”, diz assessor da Ancine sobre riscos para fomento

“Não queremos reviver luta armada”, diz diretora de documentário sobre ex-guerrilheiro

“Somos massacrados pela música comercial da pior qualidade”, diz trombonista Raul de Souza

Brasil rejeita presença africana desde século 19, diz Beatriz Mamigonian, especialista em escravidão moderna

“Bolsonaro é uma ameaça aos indígenas do Brasil”, diz cacique Tanoné em visita à França

Professor da Unicamp apresenta em Paris dispositivo alternativo para imersão sonora

Atualidade política inspira 21ª edição do Festival de Cinema Brasileiro de Paris

“Eu nunca me aquietei artisticamente”, diz cantora Flávia Bittencourt em turnê pela Europa

Escritora italiana Lisa Ginzburg lança livro de amor e tragédia no Brasil dos orixás

Filme sobre destruição de marco zero do Rio traz triste paralelo com atualidade

DJ Marcelinho da Lua lança álbum “Insolente” e diz: “Mundo atual está precisando de provocação”

Arte “ecológica” de Manfredo de Souzanetto volta a ser exposta na Europa

Apesar dos retrocessos no país, literatura brasileira vive um bom momento, avalia Henrique Rodrigues

“Literatura LGBT não deve virar rótulo”, diz escritora Cristina Judar em Paris

“Cada vez mais o racismo brasileiro sai do armário”, diz Conceição Evaristo em Paris