rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Um pulo em Paris
rss itunes

Aumento da violência e radicalização política no Brasil preocupam imprensa francesa

Por Adriana Moysés

A tentativa de assassinato do candidato Jair Bolsonaro teve repercussão imediata na imprensa francesa. Para o jornal Le Monde, que acompanha quase diariamente a campanha no Brasil, os danos políticos do ataque são "incalculáveis". O incidente "poderia radicalizar ainda mais os militantes da extrema-direita que fizeram da esquerda seu pior inimigo e reforçar ainda mais as tensões em um país abalado pela crise e em frangalhos depois da polêmica destituição da presidente Dilma Rousseff", escreve o jornal.

Cientistas políticos e historiadores ouvidos pela mídia francesa cogitam que o impacto imediato mais provável é o de um maior apoio eleitoral ao candidato. Mas ninguém arrisca dizer se isso vai durar com o tempo, o que torna o desfecho eleitoral brasileiro ainda mais imprevisível.

O aumento da violência já estava presente nas eleições de 2016, quando 28  políticos morreram em ataques a tiros, 15 deles em plena campanha. A execução da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), em 14 de março passado, expôs a conexão entre a política e o crime organizado, lembrou em entrevista à RFI a historiadora Armelle Enders, professora de história contemporânea da universidade Paris VIII, especializada em Brasil e América do Sul. Poucos dias depois, a caravana do então pré-candidato do PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, era alvejada por tiros no Paraná.

A intensificação da violência torna as eleições de 2018 ainda mais incertas.

Incêndio em Notre-Dame levanta debate sobre preservação do patrimônio na França

França registra criação de empregos, mas "coletes amarelos" mantêm protestos

Pirâmide do Louvre comemora 30 anos com instalação do artista urbano JR

França se prepara para possível ação de black blocs durante 19° ato dos “coletes amarelos”

Associações propõem que políticos franceses vivam 15 dias “na pele de um pobre”

Humoristas francesas de stand up dão novo fôlego às causas feministas

Francês se aposenta com 62 anos, mas contribui 40 anos para receber a metade do que ganhava na ativa

Incêndios na mesma semana em CT do Flamengo e Paris levantam questões de segurança

Prostituição: Conselho Constitucional da França valida lei que pune clientes

“Coletes amarelos”: Macron organiza debates com franceses e reconquista popularidade

Depredação de radares vira "basta" a suposta "indústria da multa" na França

Fracasso de “Passe Livre” em Paris levanta debate sobre transporte gratuito nas metrópoles

Franceses enfrentam 2019 com imposto retido na fonte e multiplicação de movimentos sociais

Paris mantém magia de Natal em meio à crise social dos "coletes amarelos"

Segurança reforçada na França para 5° fim de semana de protestos dos “coletes amarelos”

Manifestação de "coletes amarelos" fecha lojas, museus e cancela eventos em Paris