rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Comunidade internacional espera responsabilidade ambiental do Brasil”, diz especialista

Por Adriana Moysés

A COP24 começou nesta semana em Kattowice, na Polônia. Enquanto isso, no Brasil, o presidente eleito Jair Bolsonaro desistiu de sediar a COP25, prevista para o ano que vem. Em entrevista à RFI, André Ferretti, coordenador do Observatório do Clima, disse que o país precisa dar mais destaque à questão florestal se quiser ter relevância na transição ecológica.

As ONGs brasileiras e os países em desenvolvimento cobram financiamento dos países desenvolvidos, que se comprometeram a destinar US$ 100 bilhões de ajuda aos países que não têm condições de se adaptar ou de desenvolver tecnologia de baixo carbono até 2020. Mas isso não tem acontecido, destaca o coordenador do Observatório do Clima.

Entre 2005 e 2010, houve uma redução significativa do desmatamento na Amazônia e, por consequência, das emissões. "Passamos de mais de 30 mil quilômetros quadrados por ano de floresta desmatada para algo em torno de 8 mil quilômetros quadrados por ano. O problema é que nos últimos sete, oito anos, essa redução ficou estagnada", explica. Ferretti ressalta que o Brasil ainda tem uma emissão per capta maior que a média mundial, sendo necessário diminuir as emissões na agropecuária e no que os ambientalistas chamam de mudança de uso do solo, os setores que mais produzem gases poluentes.

Brasil será coadjuvante

"O mundo precisa diminuir as emissões de gases de efeito estufa [implicados no aquecimento global] e existe atualmente uma enorme demanda por tecnologias de baixa emissão”, disse André Ferretti. “O Brasil é um dos maiores produtores de gêneros alimentícios do planeta e poderia ser o maior produtor de alimentos sustentáveis do mundo, com uma agropecuária de baixo carbono. Mas o que ele está pondo sobre a mesa? Que não está alinhado com esses objetivos".

O coordenador do Observatório do Clima lembra que os mercados externos demandam produtos com responsabilidade ambiental e sustentabilidade. "Se o Brasil não tiver uma produção agropecuária que respeite esses parâmetros ambientais, ele vai depender de mercados periféricos, e, na questão da diplomacia global, o Brasil será um mero coadjuvante, não vai mais desempenhar o papel estratégico que veio desempenhando desde a Rio 92, quando foram firmadas as três convenções da ONU sobre diversidade biológica, mudanças climáticas e combate à desertificação", recorda Ferretti.

Brasileira apresenta na Berlinale documentário sobre ocupação dos Sem Terra em Goiás

“Direito à comunicação no Brasil ainda é muito atrasado”, diz fundador de web rádio indígena

"Alastrar competitividade para toda a economia brasileira está no radar do governo", diz diretor-geral da OMC

Fotógrafo curitibano expõe em Paris obras inspiradas na espiritualidade

Orçamento participativo e Bolsa Família são as principais políticas públicas “exportadas” pelo Brasil

“Brasil tem volta da oligarquia com uma política de extrema direita”, diz sociólogo da UFRJ

Compositor francês Debussy influenciou até Bossa Nova, lembra maestro Isaac Chueke

“Brasil e França trabalharam pelo silenciamento da memória escravista”, diz historiadora

Escritora Telma Brites Alves lança em Paris seu livro "Gaia: A Roda da Vida"

Cantora brasileira mistura música árabe e nordestina em álbum “Brisa Mourisca”

Movimento dos Atingidos por Barragens quer garantias de reparação total de danos às vítimas de Brumadinho

"Precariedade das favelas é estimulada pelo próprio Estado", diz historiador

Human Rights Watch: partida de Jean Wyllys é “triste para a esquerda e a direita”

“Falta educação no projeto de governo Bolsonaro”, diz Renato Janine Ribeiro

Apoiar oposição a Maduro é ingênuo e perigoso, diz especialista da Unicamp

"Estrela no Guia Michelin brinda a amizade franco-brasileira”, diz chef Raphaël Rego

Brasil é país que mais cai em relatório sobre competitividade divulgado em Davos

“Europeu gosta de música brasileira com contexto histórico”, diz cantor Mario Bakuna