rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Nobel de Economia vai para francesa, indiano e americano por estudos de combate à pobreza
RFI CONVIDA
rss itunes

"Alastrar competitividade para toda a economia brasileira está no radar do governo", diz diretor-geral da OMC

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, participou nesta terça-feira (12) da primeira Conferência Internacional sobre Segurança Alimentar organizada por diversas agências das Nações Unidas na sede da União Africana em Addis Abeba, na Etiópia.

Em entrevista exclusiva à RFI, Azevêdo afirmou que o comércio global exerce um papel fundamental para retirar as pessoas da pobreza e criticou medidas comerciais isolacionistas de alguns governos.

“O que vemos no mundo moderno é uma escalada de tensões comerciais que não são apenas comerciais. Com frequência, se veem motivações estratégicas e políticas que também têm impacto na área comercial”, afirmou.

Azevêdo disse que quando as crises comerciais são acentuadas por elementos geopolíticos, a busca por soluções fica mais complexa. “A OMC está tentando, dentro das suas possibilidades e jurisdição, encontrar maneiras de diminuir essas tensões para facilitar o comércio e o crescimento da economia global”.

Torcida para acordo entre Mercosul e União Europeia

O diretor declarou que a OMC é favorável ao estabelecimento de grandes acordos comerciais entre blocos e países como, por exemplo, a recente criação de uma zona de livre comércio entre União Europeia (UE) e Japão. Azevêdo aposta que se houver vontade política, o acordo de comércio entre UE e Mercosul poderá sair do papel.

“Vemos de forma positiva essas iniciativas de liberalização comercial, de maior integração no comércio mundial, de certa forma complementando o que fazemos no plano multilateral da OMC. São processos paralelos, que seguem pistas paralelas e que se complementam. Sobre o Mercosul e a União Europeia, não sei se vai sair nem quando vai sair, mas penso que se houver vontade política sairá e torço para que isso aconteça”.

Competitividade brasileira

Azevêdo recordou que o sucesso do comércio exterior brasileiro está diretamente ligado ao crescimento da economia mundial que – afirmou – passa por um momento de “muitas incertezas”. 

“O desafio das exportações brasileiras é atingir uma competitividade mais horizontal. Nós temos setores de excelência no Brasil, sobretudo na agroindústria, mas também na área industrial, mas é preciso que essa competitividade se alastre pela economia como um todo. Acho que esse é um grande desafio que está no radar desse governo, pelo menos em todas as conversas que tivemos, deram a entender que essa é uma das prioridades e eu acho que esse é um caminho a ser seguido”.

Exportação de países em desenvolvimento

O diretor-geral da OMC destacou que a maior dificuldade dos produtores dos países em desenvolvimento que exportam não é de ordem tarifária, e sim de uma justa adequação dos produtos aos padrões internacionais.

“A OMC está desenvolvendo ferramentas e instrumentos de alta tecnologia para que produtores exportadores possam planejar a comercialização de modo a atender esses padrões e colocarem seus produtos no mercado internacional. São sobretudo requisitos como rotulagem, embalagem, informação de conteúdo, de preparo do produto dentro dos padrões sanitários vigentes”.

 

 

 

Ao canonizar irmã Dulce, papa Francisco promove humanismo, diz biógrafo da religiosa brasileira

Brasil vendia imagem de país cordial, mas sempre foi autoritário, diz Lilia Schwarcz

"Descoberta mudou a física e a astronomia”, diz cientista brasileiro que pesquisou com novo Nobel

“Sucesso do cinema brasileiro não é acidente, foi plantado há vários anos”, diz Karim Ainouz

Da janela de um arranha-céu de Porto Alegre, Rodrigo John filma a “virada histórica” do Brasil de 2013 a 2018

“Desmonte da cultura é um verdadeiro pesadelo no Brasil” diz Julio Bressane, homenageado no Festival de Biarritz

“Surto de desmatamento na Amazônia se explica pela chegada do governo Bolsonaro”, diz cientista do INPA

Documentário sobre greve de caminhoneiros no Brasil é exibido em Paris

"Jacques Chirac vai ser lembrado como um bon vivant", diz escritor Gilles Lapouge

Violência no Brasil é fruto do aparato repressivo herdado da ditadura, diz filósofo Edson Teles

Festival 'Brésil en Mouvements' celebra 15 anos com 11 filmes inéditos e participação da família de Marielle Franco

Pesquisadores formam rede para divulgar acervos estrangeiros sobre cultura brasileira

"João Gilberto sintetizou o samba", diz Bernardo Lobo ao homenagear compositor em Paris

Em Paris, soprano brasileira Camila Titinger canta na ópera Don Giovanni

Artista plástico Oscar Oiwa expõe em Paris obras de três cidades ligadas pelas Olimpíadas

Revista Vesta discute os desafios das adoções que “não dão certo”

Série sobre índios da Amazônia rende prêmio a fotógrafa brasileira em Perpignan

Artista plástica radicada na França, Janice Melhem Santos exibe coletânea de obras