rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
A Semana na Imprensa
rss itunes

Revista francesa publica imagem excepcional do Bloco da Lama de Paraty

Por Adriana Moysés

A lama e o Brasil, na atualidade, dão margem a interpretações e registros simbólicos. Nesta semana, a revista francesa L'Obs, de orientação editorial de esquerda e, acima de tudo, humanista, escolheu uma imagem surpreendente para ilustrar o Carnaval brasileiro.

A festa aconteceu logo pouco tempo após a posse do presidente de extrema direita Jair Bolsonaro, uma ameaça à sobrevivência dos indígenas, e à tragédia de Brumadinho. E o que a L'Obs decide mostrar sobre o Carnaval de 2019 no Brasil? O Bloco da Lama de Paraty.

A reportagem é assinada por Mauro Pimentel, fotógrafo da AFP no Rio de Janeiro. Ele deixa o Rio, onde mora e trabalha, para chegar de madrugada no sábado de Carnaval em Paraty, com o objetivo de fotografar o bloco que representa uma tribo pré-histórica do continente. Enlameados da cabeça aos pés, cobertos de trapos, carregando caveiras, cipós e ossadas, aos gritos de "uga, uga", o Bloco da Lama presta homenagem aos primeiros povos que habitaram a região.

Além dos sons indígenas, Mauro Pimentel conta que o Bloco da Lama toca rock e música eletrônica. Em Paraty, o samba não é tradicional, explica o fotógrafo brasileiro em um texto curto. Os foliões, fantasiados de pterodáctilos, répteis com capacidade de voar e menores que os dinossauros, desfilam na Praia do Jabaquara.

O fotógrafo teve o cuidado de chegar cedo, antes do início do desfile. Ele viu um casal de foliões se preparando ainda no mangue, já vestidos com suas máscaras, mas ainda cobrindo o corpo de lama. Surpreendidos pela presença da câmera, eles gritaram "somos pterodáctilos". Nessa atmosfera paleolítica, conta o autor da imagem, "tive a impressão de ter presenciado uma espécie de ritual". O suficiente para transportar o leitor da L'Obs ao Brasil, no Carnaval, depois de Brumadinho e no governo Bolsonaro.

Minutos depois, a modernidade e os turistas chegaram, com suas selfies, encerra Mauro Pimentel.

Interessante escolha editorial da L'Obs, muito significativa das dimensões do Carnaval de 2019 no Brasil.

Surfar no metrô de Paris diante da Torre Eiffel virou moda entre jovens aventureiros

Papa Francisco trava batalha contra grupo de milionários americanos que bloqueiam reformas na Igreja

Mais ecológico e disposto a rever lei do asilo, “novo Macron” mira eleitores de Le Pen

TV e rádio públicas francesas ampliam tempo de programação para meio ambiente

Amazônia: especialistas franceses debatem princípios de justiça climática

Equipamento "revolucionário" de radioterapia entusiasma oncologistas franceses

Bilionário legendário de Wall Street investe toda a sua fortuna em tecnologias limpas

Bióloga brasileira denuncia tensões ideológicas na universidade após eleição de Trump

Ambição expansionista da China passa pela conquista dos portos mundiais, diz revista Le Point

Morte de Marielle continua pairando na vida política do Brasil, diz revista francesa

Ortopedista russo faz algumas crianças com paralisia cerebral recuperar movimentos na Espanha

Manifesto de 50 médicos, magistrados e políticos pede legalização da maconha na França

Ao atacar universidade, Bolsonaro visa uma juventude que lhe é hostil, diz Safatle

Técnica da seleção francesa de futebol visa troféu e não dá bola para sexismo