rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Fomos influenciados pela França desde a infância”, diz autora de guias turísticos

Por Maria Emilia Alencar

Ex-bailarina, psicóloga e autora de vários livros, principalmente guias turísticos de cidades europeias, a mineira Lucia Helena Monteiro Machado está preparando, aos 80 anos, uma viagem pela Rússia.

Seu caprichado “Paris para brasileiros”, com muitas fotos, textos explicativos e dicas, está na segunda edição. “Eu não queria esse título, pois Paris é Paris, é uma capital do mundo, é para todos”, diz. Ela explica que as pessoas de sua geração foram influenciadas pela literatura francesa, pelo modo de vida e pela língua. “As pessoas buscam esse mundo que encontraram na literatura”, conta.

A autora acha fundamental que o turista comece a experiência parisiense pela região central, a Île de la Cité, onde fica a catedral de Notre-Dame, passando pelo Marais e aproveitando a paisagem pitoresca dos bairros como o 5° e o 6°.

Capa do livro "Paris para brasileiros", de Lucia Helena Monteiro Machado. RFI

“As pessoas querem conhecer a Torre Eiffel, o Louvre, o museu d’Orsay, mas tem muitos outros museus maravilhosos e menores, como o Marmottan e o Jacquemart-André”, sugere Lucia Helena. “Tem também parques belíssimos, como o Monceau ou o Buttes Chaumont”, acrescenta.

Importante também, diz a escritora, é usar palavras como “bonjour” (bom dia), “s’il vous plaît” (por favor) e “merci” (obrigada/o), obrigatórias no cotidiano do francês.

“A pessoa sabe como viajar se ela sabe porque viajar”, afirma a autora. Ela faz questão de citar ainda um poema de Cecília Meirelles que a inspira, trecho do livro “Crônicas de Viagem”:

“Porque viajar é ir mirando o caminho, vivendo-o em toda sua extensão e, se possível, em toda a sua profundidade, também. É entregar-se à emoção que cada pequena coisa contém ou suscita. É expor-se a todas as experiências e todos os riscos, não só de ordem física, - mas, sobretudo, de ordem espiritual. Viajar é uma outra forma de meditar."

 

 

“Foi o jornalismo que me preparou para a música”, diz a cantora Letícia Maura

Vik Muniz: “Depois do modernismo, virou tabu falar de religião em arte”

Monólogo de ator brasileiro em Avignon resgata canções desconhecidas de Pasolini, entre erotismo e engajamento

Ricupero: Bolsonaro nomear filho embaixador nos EUA “é chocante e sem precedentes”

Rodrigo Ferreira: dos templos evangélicos no Brasil à cena lírica internacional

“O combate à corrupção no Brasil é uma mentira”, diz sociólogo Jessé Souza

Christiane Jatahy em Avignon: “Há no Brasil um pensamento ditatorial para calar a diferença”

“ONU está em alerta para acolher defensores de direitos humanos do Brasil”, diz deputada Renata Souza

“Lutamos tanto para conquistar um pouco de direitos humanos e a gente vai retirar isso?” questiona Marcelo D2 em entrevista em Paris

Acordo UE e Mercosul não é motivo para ufanismo em queda de preços, diz ex-embaixador Graça Lima

Tecnologias do semiárido brasileiro podem ajudar a alimentar imigrantes venezuelanos na Colômbia

"Governo de divisão social, oposto dos anteriores", diz autor de livro sobre Bolsonaro

Advogada do Consulado em Los Angeles analisa situação de brasileiros sem documentos nos EUA

"O ator precisa ter cartas na manga", diz Letícia Spiller sobre carreira de cantora

Brasil não é um dos países que mais usa agrotóxicos, isso é “balela”, diz ministra Tereza Cristina

“Bolsonarismo é uma articulação de radicalismo liberal com autoritarismo social”, diz professor da UERJ

Intolerância a valores progressistas pode impactar na publicidade, diz pesquisadora