rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Cérebro e intestino são mais ligados do que a gente imagina

Por Silvano Mendes

Nem sempre conhecida do grande público, a importância da comunicação entre cérebro e intestino é tema de estudos do mundo todo. O prestigioso Instituto Pasteur, em Paris, possui um grupo de pesquisadores que é uma das referências no assunto. A bióloga brasileira Ilana Gabanyi faz parte da equipe.

O intestino é o órgão do nosso corpo que mais tem neurônios, perdendo apenas para o cérebro. Ele também é uma das partes do organismo humano que mais produz serotonina, molécula que regula, entre outras coisas, a sensação de bem-estar do organismo. Além disso, vários estudos já relacionaram distúrbios neuropsiquiátricos a problemas da flora intestinal.

“Sempre se soube dessa relação entre o cérebro e o intestino, mas às vezes o tema era tratado como uma anedota”, comenta Ilana Gabanyi, uma das especialistas no assunto. “Agora já se sabe que realmente há uma ligação, mas não se sabe exatamente como ela ocorre”, conta a bióloga. “Queremos saber porque quando estamos estressados podemos ter, por exemplo, uma dor de barriga, ou porque, quando temos uma infecção intestinal, podemos ter uma dor de cabeça ou algum outro sintoma”, explica.

Graduada na Universidade de São Paulo e doutora pela Rockefeller University de Nova York, Ilana foi convidada para fazer seu pós-doutorado no Instituto Pasteur, em Paris. “Quando terminei meu doutorado, meu orientador me disse que se eu voltasse para o Brasil, seria muito difícil continuar a pesquisa no nível que estava”, comenta. “Mesmo se no Brasil existem grupos interessados em estudar o tema, com gente muito competente, infelizmente o financiamento brasileiro está bastante dificultado”, pondera a pesquisadora, que continua na França por tempo indeterminado.

Bela Gil em festival Slow Food na Itália: “É importante conhecer quem produz o alimento”

Sabores do Brasil recebe “30% de brasileiros saudosos e 70% de franceses curiosos” em Paris

Inimigo no fascismo brasileiro é o pobre, diz pesquisadora do voto em Bolsonaro

Cantor Renato Fagundes traz a Paris tradição e modernidade da cultura gaúcha

Da extrema-direita à esquerda: populismo tem faces distintas na Europa e na América Latina, diz especialista

“Lula adiou troca e prejudicou campanha de Haddad”, diz analista David Fleischer

"Bolsa Família é grande aliado para quem deseja fazer ajuste fiscal no Brasil", afirma Marcelo Neri

Novo livro de Jean-Paul Delfino traz personagem imortal que viveu no Brasil

“Ataque corrobora ânimo de briga manifestado por Bolsonaro”, diz cientista político da UFMG

Em Perpignan, a fotógrafa brasileira Alice Martins expõe imagens da guerra na Síria

“Atlas do Agronegócio revela a complexa cadeia do setor agroindustrial”, diz coordenadora

"Assegurar preservação do patrimônio é responsabilidade da sociedade", diz presidente do Ibram sobre incêndio no Museu Nacional

“Quero nossa democracia de volta” pede cineasta brasileiro Fellipe Barbosa em Veneza

“Mulheres brasileiras sempre foram vistas como patrimônio do homem”, diz diretora-presidente da ONG Artemis

“Mulheres negras e indígenas representam o feminismo de resistência brasileiro”, afirmam pesquisadoras

Apesar da crise, brasileiros participam de Encontro Mundial das Famílias em Dublin

Instrumentalização política dos migrantes alimentou xenofobia em Roraima, diz professor da UFRR

"Tenho uma parte da história do Brasil nos meus arquivos", conta a fotógrafa Rosa Gauditano