rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Cinema Imposto Paris Verão

Publicado em • Modificado em

Benefícios fiscais incentivam cineastas a filmarem em Paris

media
Woody Allen e Carla Bruni em cena de filme rodado em Paris.

A temporada 2010 do verão parisiense foi marcada pelas grandes produções cinematográficas filmadas nas ruas da capital francesa. Depois de Woody Allen e de Madonna, Martin Scorsese elegeu Paris como cenário de “A invenção de Hugo Cabret”, sua primeira produção em 3D. Além da beleza da cidade, os benefícios fiscais também incentivam os cineastas.


Sob um forte esquema de segurança para afastar a imprensa e os curiosos, terminam, nesta quarta-feira, as filmagens parisienses do próximo longa de Martin Scorsese que narra as aventuras de um órfão de 12 anos. O filme reúne um elenco de peso com nomes Ben Kingsley, Jude Law e Sacha Baron Cohen.

No nono distrito, perto da Opéra, o bairro teve alguns imóveis adaptados para lembrar a atmosfera dos anos 30. O filme do cineasta americano, baseado num livro de Brian Selznick, presta uma homenagem ao cineasta francês Georges Méliès. O teatro Athénée sofreu alguns retoques para se adaptar à decoração idealizada por Scorsese, assim como a vizinhança da Universidade Sorbonne.

Ainda nesse verão, Woody Allen escolheu Paris para rodar “Midnight em Paris”. O longa, filmado entre julho e o começo de agosto, teve a participação especial da primeira-dama francesa Carla Bruni-Sarkozy. Já a cantora Madonna fez mais uma incursão à sétima arte no bairro de Saint-Germain-des-Prés. “W.E”, dirigido pela popstar, trata da vida do rei da Inglaterra Eduardo VIII. E os roteiristas da série de televisão Gossip Girl tamébm iniciam a nova temporada na série com cenas ambientadas em Paris.

Paraíso cinematográfico

As obras cinematográficas filmadas na França podem receber um abatimento fiscal de até 20% dos gastos feitos pela produção no país. Essa redução dos impostos pode ser de até 4 milhões de euros.

Para poder se beneficiar do incentivo fiscal, os filmes devem obedecer a alguns critérios: a filmagem deve durar no mínimo cinco dias e o investimento deve ser de, ao menos, 1 milhão de euros. Segundo a Comissão Nacional de Filme da França, o país teve 225 dias de filmagem apenas neste ano contra 92 no acumulado de 2008.