rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Brasil Exposição Fotografia Paris

Publicado em • Modificado em

Em Paris, Cao Guimarães mostra a fotografia social do Brasil

media
Gambiarras # 50 mostra a poltrona improvisada de um morador de rua. Cao Guimarães/Xippas

Mais conhecido no cinema, o mineiro Cao Guimarães apresenta pela primeira vez uma exposição individual em Paris. Quarenta fotos e alguns curtas realizados nos anos 90  revelam o universo do artista na galeria Xippas, no bairro do Marais.


Uma boa definição para a linguagem de Cao Guimaraes é dada pela curadora da exposição, Veronica Cordeira, que também é pesquisadora em antropologia visual: "Ele se detém em fatos comuns sem nenhuma intenção, sem mensagem a se decifrar", disse Veronica ao jornal francês Libération, que dedicou um belo artigo ao mineiro de Belo Horizonte. As imagens de Cao confirmam as palavras da especialista, mesclando cenas ordinárias que não conhecem a pressa. Dando tempo ao tempo, o artista vai revelando a escultura em que se transforma um maço de cabelos ondulados presos com uma caneta, a poltrona inventada por um morador de rua, a arquitetura de objetos sobrepostos, a entrada de uma casa pobre. Grande parte das fotos são da série Gambiarras, que já tem quase cem imagens.

No mundo de Cao Guimarães, o improviso criado pela miséria se transforma em poesia viva com um clips segurando a alça partida de um sutiã, a estrutura metálica de uma cadeira servindo de churrasqueira, um grande elástico utilizado para fechar a porta da geladeira, pedaços de carne suspensos por pregadores de roupa, um côco servindo de travesseiro para uma sesta. A vida nossa de cada dia, vista pelo olhar enternecido e talentoso de um artista ímpar.

A obra de Cao Guimarães estará exposta na galeria Xippas até o dia 14 de maio.