rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Bélgica Comissão Europeia Museu União Europeia

Publicado em • Modificado em

Bruxelas inaugura museu sobre construção da União Europeia

media
Galeria de línguas mostra todo o lado hi-tech do Parlamentarium. Flickr

A partir de hoje, Bruxelas vai enfim contar com um espaço para exaltar o caráter europeu da cidade, que sedia diversas instituições da UE, inclusive a Comissão Europeia e o Parlamento europeu, há mais de meio século. O Parlamentaruim, um enorme museu sobre a construção da Europa sem fronteiras, foi inaugurado no coração do bairro que abriga as instituições.


O espaço hi-tech de 5,4 mil metros quadrados promete mostrar de “forma lúdica e inovadora” a história política da União Européia, e também o tenta demonstrar o quanto difícil é a tomada de decisões em meio a países tão diferentes.

Gratuito e aberto todos os dias, o museu é apresenta as informações não através dos tradicionais painéis dos museus, mas sim por telas de toque, máquinas interativas e mapas em três dimensões. Já os adolescentes podem se imaginar ocupando uma das 736 cadeiras dos deputados europeus, através de um jogo multimídia.

“O acervo mostra que a Europa viveu um longo caminho e apoia um projeto político comum, que, tenho certeza, vai resistir e superar as dificuldades que nós enfrentamentos neste momento”, comentou Jerzy Buzek, presidente do Parlamento, durante a inauguração do espaço.

Outro diferencial do museu são as línguas em que o visitante pode descobrir os textos: todos os 23 idiomas que constituem a UE são oferecidos. Espera-se que o Parlamentarium receba até 450 mil visitantes ao ano. O projeto foi financiado pelo Parlamento, a um custo de 21 milhões de euros (50,4 milhões de reais).