rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Trajetória de glamour e tragédia é tema de mostra sobre Romy Schneider

Por Patricia Moribe

Sua vida poderia ser um filme. Nascida na Áustria anexada pelo nazismo, dona de uma beleza estonteante, Romy Schneider entrou na nobreza austriaca através de Sissi, a imperatriz e virou um dos grandes nomes do cinema francês. Ela viveu uma grande história de amor com outro mito, o jovem Alain Delon. Um conto de fadas, se não fossem as cores dramáticas de um percurso cheio de curvas e tragédias, que terminou com sua morte em Paris, em 1982, aos 43 anos. Romy Scheider é tema de uma bela exposição de fotos, documentos e objetos pessoais em Boulogne-Billancourt, a oeste de Paris.

 

Paris acolhe 1ª exposição de esculturas híbridas e sensuais da brasileira Erika Verzutti

Atelier des Lumières revisita Van Gogh em mostra digital e atrai multidões em Paris

Animação The Tower conta saga de menina palestina em campo de refugiados no Líbano

Biblioteca digital revela 500 anos da relação entre a França e o Brasil

Polêmica sobre apropriação cultural marca nova criação do Théâtre du Soleil

De Tutancâmon à Lua, temporada das artes em Paris revisita civilizações em 2019

Tradição natalina em Paris, vitrines de lojas de luxo continuam a encantar

Artista espanhola traz mostra com fotos sobre falta de acesso ao aborto legal no mundo

Em Paris, o artista travesti Grayson Perry discute a sexualidade através de obras de arte

Mostra na Fundação Cartier de Paris recria diálogos inesperados entre geometrias latino-americanas

Artista mais caro do mundo, Basquiat é destaque de mega retrospectiva em Paris