rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Fotografia Moda Paris

Publicado em • Modificado em

Grand Palais expõe o glamour sensual de Helmut Newton

media
Cartaz da retrospectiva de Helmut Newton no Grand Palais, de Paris. © Grand Palais

Grand Palais, em Paris, abre uma retrospectiva dedicada ao mundo do fotógrafo Helmut Newton (1920-2004). Ele ficou conhecido por seus estudos de nu feminino, principalmente nos anos 80, com seus modelos de cabeleiras bem penteadas, pernas esguias e torneadas.


Nascido na Alemanha, filho de um judeu alemão e de uma americana, Newton se interessou desde cedo pela fotografia. Ele fugiu do nazismo em 1938 e acabou se instalando na Austrália, onde começou a trabalhar com fotografia de moda. Depois da guerra, Newton foi viver em Londres e Paris, onde trabalhou para a Vogue francesa. Ele criou um estilo próprio, marcado pelo erotismo.

A exposição em Paris traz obras emblemáticas de Newton, como Sie Kommen (Elas estão chegando), que mostra quatro modelos que se dirigem para a câmera em duas versões: em uma elas estão nuas, e na outra estão vestidas. Sie Kommen também dá o nome para a mostra.

A mostra expõe também retratos de personalidades, como a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, a atriz Liz Taylor e a francesa Catherine Deneuve. “São mulheres que dominaram, cada uma, seus mundos”, diz Jérôme Neutres, co-curador da exibição, ao lado da mulher do fotógrafo, June Newton.

Sie Kommen, com 200 fotos de Helmut Newton, fica em cartaz no Grand Palais até 17 de junho.