rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Reportagem
rss itunes

Escritor Jérôme Ferrari é laureado com o Prêmio Goncourt

Por Leticia Constant

"Le sermon sur la chute de Rome" ("O sermão sobre a queda de Roma", em tradução livre), do escritor francês Jérôme Ferrari, publicado pela editora Actes Sud, ganhou hoje o prêmio literário mais prestigiado da França, o Prêmio Goncourt. Como já é tradição, o anúncio fo feito neste 7 de novembro, no restaurante parisiense Drouant. A obra ainda não foi traduzida em português.

As 206 páginas do romance traçam com maestria o paralelo entre a falência de um bar na Córsega, cuja direção foi retomada por dois jovens entusiastas, depois de diversos fracassos dos donos anteriores.

O laureado Jérôme Ferrari explica a estrutura do seu romance: "Há vários fios narrativos reunidos por sua proximidade temática. O primeiro fio parte de 1918 até o começo do ano 2000 e é centrado numa personagem que atravessa o século 20; o segundo se passa num vilarejo da Córsega, onde dois jovens locais retomam a direção de um bar depois de vários fracassos dos seus antecessores; e o terceiro elemento, que dá título ao romance, é o sermão pronunciado por Santo Agostinho em 410 depois da invasão de Roma pelos vândalos visigodos, vivida como uma espécie de fim de um mundo considerado indestrutível. Este é o tema do livro: como o mundo nasce, cresce e morre" ...

"O sermão da queda de Roma" concorreu com três rivais poderosos: "A verdade sobre o caso Harry Quebert", de Jöel Dicher,que recebeu há poucos dias o Grande Prêmio do Romance da Academia Francesa; com "Lame du Fond", da escritora Linda Lê, e "Peste&Chólerae", de Patrick Deville, laureado do Prêmio Femina 2012. Os livros não foram traduzidos no Brasil.

O Prêmio Goncourt foi instituído em 1902. O laureado recebe a soma simbólica de 10 euros, cerca de 25 reais, mas tem garantidos prestígio e grandes tiragens de seu livro.

 

Situação dos EUA gera avanços na COP 22, diz brasileira do Greenpeace

Franceses e brasileiros começam o ano em Paris sonhando com paz e trabalho

Retrospectiva: 2015 foi marcado pelo terrorismo e pela crise migratória

Manifestantes contra a COP 21 criticam proibição de realizar protestos

“Espero que o Brasil reveja sua posição sobre a Venezuela”, diz Mauricio Macri

França dará "resposta forte" aos atentados de Paris, afirma especialista

Relação entre armas legais e criminalidade não é consenso entre pesquisadores

Sucesso da COP21 depende de China aceitar revisão de metas de emissões

Fórum oferece estágios para bolsistas do Ciência sem Fronteiras na França

Candidatos à presidência da Argentina querem melhorar relação com o Brasil