rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Cannes 2016 Festival de Cannes Brasil

Publicado em • Modificado em

Filme brasileiro Aquarius é aguardado com expectativa hoje em Cannes

media
Sonia Braga em cena de Aquarius, de Kleber Mendonça Filho. DR

Esta terça-feira (17) é dia de emoção e expectativa para o cinema brasileiro com a projeção de Aquarius, do pernambucano Kleber Mendonça Filho, na corrida pela Palma de Ouro. Também estão programados para hoje os filmes dos consagrados diretores Pedro Almodóvar e Olivier Assayas.


Mesmo antes de ser visto, Aquarius já vem chamando a atenção no festival, com muita curiosidade por parte dos jornalistas franceses e estrangeiros. Há um olhar realmente interessado nesse "diretor de primeira viagem" no festival, que mostra a luta de Clara, interpretada por Sonia Braga, contra a especulação imobiliária selvagem que quer destruir o edifício Aquarius, onde ela mora.

O pernambucano Kleber Mendonça Filho mal dá conta dos pedidos de entrevista e confessa ter ficado perturbado, inicialmente: "Eu estava em negação, mas aos poucos estou encarando o fato de que o filme vai passar aqui, é um momento muito bom para mim, para a minha equipe, estou com quase 30 amigos e colaboradores do filme aqui em Cannes, acho que vai ser uma experiência bem forte", diz o cineasta.

Sonia Braga interpreta Clara em Aquarius. DR

A presença de Sonia Braga também é essencial no espírito de Aquarius. Ela ficou conhecida fora do Brasil em 1985, depois de participar de "O Beijo da Mulher Aranha", de  Hector Babenco, ao lado de William Hurt.

"Sonia é uma presença muito forte na cultura brasileira, não apenas na TV mas também no cinema e no teatro, foi um prazer muito grande tê-la no filme. Meus filmes têm uma escala um pouco menor do que ter uma estrela de cinema, acho que essa combinação entre a escala um pouco menor e o rosto de Sonia Braga é algo que me agrada muito no resultado final do filme", conta Kleber.

 Almodóvar e o drama de Julieta

Habitué de Cannes, o espanhol Pedro Almodớvar vem desta vez com Julieta, vigésimo longa escrito e dirigido por

Cena deJulieta, de Pedro Almodớvar , 20° filme do diretor espanhol. DR

ele. A trama atravessa três décadas da vida de uma mãe espanhola, dos 25 aos 55 anos. Abandonada pela filha há muito tempo, um encontro casual faz com que ela alimente a esperança de revê-la. A mãe decide escrever o que guardou em segredo por tanto tempo, e fala do destino e do mistério que faz com que abandonemos as pessoas que amamos, tirando-as de nossas vidas como se nunca tivessem existido.

Longe do registro hilário e do humor corrosivo, Almodớvar não apresenta um melodrama, mas um puro drama que mescla traição, luto, culpa e fuga.


Personal Shopper tem Kristen Stewart, fantasma e vaias

Kristen Stewart em cena de Personal Shopper, de Olivier Assyas. DR

O diretor francês Olivier Assayas escolheu Kristen Stewart, que já pisou no tapete vermelho como a heroína de Café Society, de Woody Allen.

A "ex-vampira"faz o papel de Maureen, uma jovem americana em Paris que cuida do guarda-roupa de uma celebridade; de onde vem o nome do filme, Personal Shopper.

Maureen não curte esse trabalho mas vai levando, conseguindo pagar suas despesas e esperando que o espírito do irmão gêmeo, morto há pouco tempo, se comunique.

Ế quando ela começa a receber mensagens estranhas e anônimas em seu celular. Essa tentativa de  trailer fantástico não agradou muito e o filme foi vaiado na primeira projeção, mesmo se a interpretação de Kristen Stewart foi apreciada.