rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

"Conservadorismo está voltando ao Brasil", diz diretor João Paulo Miranda Maria

Por Leticia Constant

A Moça que Dançou com o Diabo. Este é o título do curta do paulista de Rio Claro, João Paulo Miranda Maria, selecionado na competição oficial pela Palma de Ouro. O filme foi possível graças à venda de rifas, conta o cineasta, que conseguiu R$500 para a produção. "Todos as pessoas que trabalham fazem parte de um projeto sócio-cultural, um coletivo, elas participaram de forma voluntária, tendo a mesma paixão, dedicação, o mesmo sonho de enviar filmes para os festivais", diz João Paulo, que também é professor de cinema na sua cidade.

Ele não esconde o impacto que sentiu ao ver seu curta escolhido, concorrendo à Palma de Ouro: "Ficamos muito surpresos de entrar na competição oficial, a mais difícil de todas, principalmente porque neste ano foi batido o recorde de inscrições, foram mais de 5 mil, até mais competitivo do que os próprios longas, que chegam a 1.800 inscrições", conta João Paulo.

O filme foi inspirado em uma lenda popular do interior de São Paulo, de mais de um século, que conta a história de uma moça de uma família muito religiosa que foge para ir a um baile na Sexta-Feira Santa. Ela encontra um jovem, com quem dança, e quando chega a meia-noite ele tira o chapéu, mostra os chifres e diz a ela que é o diabo. Esta lenda marcou muito o cineasta, que a adaptou para os dias de hoje. "O filme fala sobre o fanatismo, que é uma coisa muito opressora, sobre o conservadorismo,o  que acaba sendo bastante pertinente e acabou se encaixando na situação atual do Brasil em que o conservadorismo está voltando de uma maneira forte e até perigosa, os artistas estão com muito receio", ele reflete.

 

 

"Candidatos antissistema representam maioria do povo francês, que é independente e rebelde", diz analista

Franceses não sabem se querem eleger um 'pai da nação' ou criar um novo sistema político

“Financiamento apenas público não resolve problema do Caixa 2”, diz pesquisadora

"Nenhuma reforma trabalhista cria emprego": Jorge Boucinhas Filho, advogado

Ciro Gomes: “Nosso problema central não é a corrupção e sim o colapso econômico do Brasil”

“É preciso reconstruir essa esquerda”, diz Silvia Capanema sobre eleição presidencial na França

"Primavera literária brasileira" promove escritores contemporâneos na Europa

Pedro D-Lita, produtor: “Europeus ficam surpresos com a nova música brasileira”

Muito antes de Woody Allen, escritor brasileiro voltou no tempo em Paris

“Casas do Brasil na Europa são território simbólico e afetivo", diz antropóloga Ceres Brum

Bernardo Carvalho, escritor: "A literatura que importa é a literatura de dissenso, radical"

Manassés de Sousa, músico: "Minha relação com a França é muito forte"

Chef carioca conquista parisienses misturando gastronomia francesa com sotaque brasileiro

João Moreira Salles: "A ideia da felicidade e do fim dela, sempre me interessou"

Escritora faz sucesso com livro desenvolvido em oficina de García Márquez

Domício Proença Filho, sobre Capitu: “É muito difícil ser mulher”