rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Ser brasileiro não é só escutar samba e ver futebol”, diz coreógrafo baseado na Suíça

Por Silvano Mendes

Fundada na Suíça em 1994 pelo brasileiro Guilherme Botelho, a companhia de dança contemporânea Alias se apresenta atualmente em Paris com a coreografia Sideways Rain. Criado em 2010, o espetáculo já deu a volta ao mundo, mas continua conquistando novas plateias.

Durante uma hora, 14 bailarinos transitam, da esquerda para a direita do palco. Eles andam, correm, rastejam, rolam no chão e quase não se tocam. Essa é a tônica do espetáculo, apresentado como um balé de partículas animadas, em aceleração. “Eu queria colocar um rio em cena. Um rio de pessoas”, comenta o Botelho, que já apresentou o espetáculo em locais tão diferentes quanto Áustria, Coreia do Sul, Beirute ou Jerusalém.

Ele começou sua carreira no Balé da Cidade de São Paulo, onde fez parte de sua formação. No entanto, em suas criações, ele evita o clichê do coreógrafo brasileiro atuando na Europa. “Ser brasileiro não é escutar samba e ver futebol. É colocar o sagrado e o profano juntos, dentro de si na sociedade. É ter um jogo de cintura psicológico.” Sideways Rain fica em cartaz até 10 de novembro no teatro Monfort, em Paris.
 

Sabores do Brasil recebe “30% de brasileiros saudosos e 70% de franceses curiosos” em Paris

Inimigo no fascismo brasileiro é o pobre, diz pesquisadora do voto em Bolsonaro

Cantor Renato Fagundes traz a Paris tradição e modernidade da cultura gaúcha

Da extrema-direita à esquerda: populismo tem faces distintas na Europa e na América Latina, diz especialista

“Lula adiou troca e prejudicou campanha de Haddad”, diz analista David Fleischer

"Bolsa Família é grande aliado para quem deseja fazer ajuste fiscal no Brasil", afirma Marcelo Neri

Novo livro de Jean-Paul Delfino traz personagem imortal que viveu no Brasil

“Ataque corrobora ânimo de briga manifestado por Bolsonaro”, diz cientista político da UFMG

Em Perpignan, a fotógrafa brasileira Alice Martins expõe imagens da guerra na Síria

“Atlas do Agronegócio revela a complexa cadeia do setor agroindustrial”, diz coordenadora

"Assegurar preservação do patrimônio é responsabilidade da sociedade", diz presidente do Ibram sobre incêndio no Museu Nacional

“Quero nossa democracia de volta” pede cineasta brasileiro Fellipe Barbosa em Veneza

“Mulheres brasileiras sempre foram vistas como patrimônio do homem”, diz diretora-presidente da ONG Artemis

“Mulheres negras e indígenas representam o feminismo de resistência brasileiro”, afirmam pesquisadoras

Apesar da crise, brasileiros participam de Encontro Mundial das Famílias em Dublin

Instrumentalização política dos migrantes alimentou xenofobia em Roraima, diz professor da UFRR

"Tenho uma parte da história do Brasil nos meus arquivos", conta a fotógrafa Rosa Gauditano

Após turnê internacional, cantora Flávia Coelho volta ao estúdio em Paris para gravar 4° álbum