rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Grande Museu do Perfume de Paris propõe visita olfativa

Por Patricia Moribe

A arte da perfumaria vem dos tempos dos egípcios. Relatos históricos falam das táticas perfumadas de Cleópatra para conquistar Marco Antônio. Hoje, o produto é um carro-chefe da economia francesa. Para exaltar o perfume, sua história e produção, foi inaugurado nesta quinta-feira (22), em Paris, o Grande Museu do Perfume.

“Faltava uma instituição desse tipo em Paris para falar sobre a excelência da profissão”, diz o presidente Guillaume de Maussion. “Queríamos recriar para o público uma experiência agradável, participativa e interativa”, acrescenta.

Encrustado no coração do consumo de luxo da capital na rua Saint-Honoré, no 8° distrito, rodeado de grandes grifes, o Grande Museu do Perfume custou € 7 milhões e levou dois anos para ser concretizado. O local exato é um palacete que já abrigou a maison do estilista Christian Lacroix.

Odores do dia-a-dia

A visita se faz em três tempos: a história, os cheiros do cotidiano e a arte dos perfumistas. No percurso, engenhocas de alta tecnologia fazem com que o visitante experimente, de maneira individual, determinados cheiros ou perfumes. Nenhum perfume enjoativo predomina, toda emissão é controlada.

“É um percurso permeado de descobertas olfativas, através do qual o visitante aprende sobre a história do perfume”, explica Sandra Armstrong, diretora do museu. “São 70 odores diferentes - pode ser o kifi, perfume egípcio de 1500 AC [que foi reproduzido segundo uma receita encontrada em uma ruína arqueológica], matérias primas emblemáticas como a mirra, ou cheiros do cotidiano, como o cheiro do mar, de rum ou de Nutella para as crianças. Os visitantes também experimentam matérias primas sintéticas, como o aldeído, ou naturais, como o vetiver ou a íris”, diz.

França é campeã mundial do setor

O Grande Museu do Perfume é uma instituição privada, financiada principalmente pelos principais fabricantes franceses e internacionais, além de parcerias com instituições como o Museu Carnavalet sobre a cidade de Paris e o Museu do Perfume de Grasse, no sul da França.

A França é a campeã no mundo na área de cosméticos e perfumes. Ela detém 25% do mercado mundial e é o terceiro setor de exportação do país. Os produtores franceses lançam cerca de 400 novos perfumes por ano.
 

Festival de fotos espalha 98 exposições por 32 cidades da Grande Paris

Festival "Les Femmes S’en Mêlent" valoriza produção musical feminina na França

The xx: novo cd I SEE YOU vai ser lançado no Lollapalloza, em São Paulo

Biblioteca Richelieu, em Paris, reabre mais moderna para atrair novo público

Mostra em Paris traz a navegação e o mundo árabe, de Simbad a Marco Polo

A irreverência do artista Ben agita o comportado Musée Maillol de Paris

PJ Harvey volta a Paris para turnê do polêmico “álbum-reportagem”