rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Exposição destaca a contracultura francesa das décadas de 70 e 80

Por Daniella Franco

Uma exposição em cartaz no espaço Maison Rouge, em Paris, faz uma retrospectiva dos movimentos artísticos e sociais franceses da geração pós-Maio de 1968. "O Espírito Francês - Contraculturas 1969 a 1989" questiona os valores tradicionais da cultura francesa considerada "oficial" e destaca uma identidade lado B do país - naquela época mais insolente e subversivo.

A mostra, que se divide em 11 percursos, exibe mais de 700 obras e documentos de cerca de 60 artistas, transitando por temas como educação, sexo, política, cultura. A exposição é regada pelo espírito cáustico de uma geração movida a profundas transformações da sociedade e por ícones vanguardistas que incentivavam os franceses a transgredir, como o músico Serge Gainsbourg, o humorista Coluche, a atriz e cantora Marie France, os jornalistas das revistas Hara-Kiri e Charlie Hebdo e os artistas do coletivo Bazooka.

Mostra sobre casamentos forçados abre centro de fotojornalismo em Paris

Montpellier Danse: encontro de gerações da dança contemporânea na França

Templo da literatura lusófona em Paris, editora Chandaigne celebra 25 anos

Aos 88, cineasta Agnès Varda explora com fotógrafo JR os vilarejos franceses

Com ares pop, nova geração da música clássica francesa seduz grande público

Festival de fotos espalha 98 exposições por 32 cidades da Grande Paris

Festival "Les Femmes S’en Mêlent" valoriza produção musical feminina na França

The xx: novo cd I SEE YOU vai ser lançado no Lollapalloza, em São Paulo