rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Exposição destaca a contracultura francesa das décadas de 70 e 80

Por Daniella Franco

Uma exposição em cartaz no espaço Maison Rouge, em Paris, faz uma retrospectiva dos movimentos artísticos e sociais franceses da geração pós-Maio de 1968. "O Espírito Francês - Contraculturas 1969 a 1989" questiona os valores tradicionais da cultura francesa considerada "oficial" e destaca uma identidade lado B do país - naquela época mais insolente e subversivo.

A mostra, que se divide em 11 percursos, exibe mais de 700 obras e documentos de cerca de 60 artistas, transitando por temas como educação, sexo, política, cultura. A exposição é regada pelo espírito cáustico de uma geração movida a profundas transformações da sociedade e por ícones vanguardistas que incentivavam os franceses a transgredir, como o músico Serge Gainsbourg, o humorista Coluche, a atriz e cantora Marie France, os jornalistas das revistas Hara-Kiri e Charlie Hebdo e os artistas do coletivo Bazooka.

Festival de fotos espalha 98 exposições por 32 cidades da Grande Paris

Festival "Les Femmes S’en Mêlent" valoriza produção musical feminina na França

The xx: novo cd I SEE YOU vai ser lançado no Lollapalloza, em São Paulo

Biblioteca Richelieu, em Paris, reabre mais moderna para atrair novo público

Mostra em Paris traz a navegação e o mundo árabe, de Simbad a Marco Polo

A irreverência do artista Ben agita o comportado Musée Maillol de Paris

PJ Harvey volta a Paris para turnê do polêmico “álbum-reportagem”