rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Festival de Cannes Cinema Cultura Cannes 2017

Publicado em • Modificado em

Mulheres são destaque na Quinzena de Realizadores do Festival de Cannes

media
Cartaz da Quinzena de Realizadores do Festival de Cannes Divulgação

 Foi divulgada nesta quinta-feira (20) a lista de 19 filmes que vão competir na Quinzena de Realizadores, mostra paralela do Festival Internacional de Cinema de Cannes. A seleção desta 70ª edição é marcada por uma forte presença de diretoras. O Brasil será representado com um curta-metragem.


 Como na seleção de filmes para a Palma de Ouro, a “Quinzena” este ano contará com uma participação importante de filmes franceses e norte-americanos. Índia e China ficaram fora da lista e a América Latina é cada vez menos presente. Porém, a particularidade desta 70ª edição de Cannes é que dos 19 longas escolhidos para esta mostra, sete foram assinados por diretoras.

Entre as francesas, Claire Denis apresentará a comédia “Un beau soleil intérieur” que conta no elenco com nomes de peso, como Gérard Depardieu, Juliette Binoche e Valeria Bruni Tedeschi, irmã de Carla Bruni. O filme se inspirou no livro “Fragmentos de um discurso amoroso” de Roland Barthes. Já Carine Tardieu concorre com “Ôtez-moi d'un doute”, enquanto Sonia Kronlund leva para Cannes “Nothingwood”, um documentário sobre o diretor de cinema afegão Salim Shaheen.

Um dos filmes mais esperados da “Quinzena” é “Jeannette, l'enfance de Jeanne d'Arc”, de Bruno Dumont. A comédia musical, adaptada de uma peça de teatro, promete contar de forma diferente a história da infância da heroína francesa morta na fogueira em 1431.

A América Latina será representada pela colombiana Natalia Santa, com "La Defensa del dragón", a Ásia pela indonésia Mouly Surya, com "Marlina si pembunuh dalam empat babak", e o continente africano pela zambiana Rungano Nyoni, com "I am not a witch". A lista de diretoras é completada pela sino-americana Chloé Zhao, que concorre com "The Rider", um longa que se passa no mundo do rodeo com uma tribo de indígenas norte-americanos.

Brasil na lista de curtas

O Brasil tem uma participação tímida nesta edição de Cannes. Na Quinzena do Realizadores, o país será representado apenas pelo curta "Nada", dirigido por Gabriel Martins, um dos criadores da produtora mineira Filmes de Plástico. Além disso, os brasileiros estarão na Côte d’Azur com o curta “Vazio do Lado de Fora”, de Eduardo Brandão Filho, da Universidade Federal Fluminense. A produção nacional foi escolhida entre os filmes da Cinéfondation, projeto que reúne trabalhos de alunos feitos em universidades de cinema.
A 70ª edição do Festival Internacional de Cinema de Cannes acontece entre 17 e 28 de maio.

Seleção de longas

A Ciambra - Jonas Carpignano
Alive in France - Abel Ferrara
L’Amant d’un Jour - Philippe Garrel
Bushwick - Cary Murnion & Jonathan Milott
Cuori Puri - Roberto De Paolis
The Florida Project - Sean Baker
Frost - Sharunas Bartas
I am not a Witch - Rungano Nyoni
Jeannette, l’enfance de J’eanne D’Arc - Bruno Dumont
L’Intrusa - Leonardo Di Costanzo
La Defensa del Dragón - Natalia Santa
Marlina si Pembunuh Dalam Empat Babak - Mouly Surya
Mobile Homes - Vladimir de Fontenay
Nothingwood - Sonia Kronlund
Ôtez-moi d’un Doute - Carine Tardieu
Patti Cake$ - Geremy Jasper
The Rider - Chloé Zhao
Un Beau Solei Intérieur - Claire Denis
West of the Jordan River - Amos Gitai

Seleção de Curtas

Água Mole - Laura Goncalves & Alexandra Ramires (xà)
La Bouche - Camilo Restrepo
Copa-Loca - Christos Massalas
Crème de Menthe - David Philippe Gagné & Jean-Marc E. Roy
Farpões, Baldios - Marta Mateus
Min Börda - Niki Lindroth von Bahr
Nada - Gabriel Martins
Retour à Geneo City - Benoit Grimalt
Tijuana Tales - Jean-Charles Hue
Trešnje - Dubravka Turić