rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Festivais de verão animam os quatro cantos da França

Por Patricia Moribe

É verão na França e é época de festivais. Tem de tudo: de música, de comida, de cinema, de teatro, de dança, de bebidas, de yoga nas principais cidades e em muitos vilarejos do país. Tem até um Festival de Filmes de Bunda, dedicado a filmes eróticos, no conceituado Forum les Halles, de Paris.

São mais de 885 eventos em todos os cantos da França durante o período. Um dos maiores festivais de rock é o Eurockéennes, que reúne um público de mais de cem mil pessoas, e acontece em Belfort, no leste da França, de 6 a 9 de julho. A banda inglesa Savages, só de mulheres, vai ser uma das atrações.

Sons, todos os sons

Perto de Paris, os destaques vão para a primeira edição francesa do Lollapalooza, com Red Hot Chili Peppers, entre outros, e o Rock en Seine, que acontece em Saint Cloud, a oeste de Paris, de 25 a 27 de agosto, que vai ter a participação de grupos veteranos como Franz Ferdinand e The Jesus and Mary Chain, mas também de sons novos como o do Lemon Twigs.

Mas o campeão de público de festivais de verão na França é o Intercéltico de Lorient, na Bretanha, oeste da França, que atraiu quase 700 mil pessoas em 2016. É uma ode à cultura celta, povo que dos séculos 8 e 3 antes de Cristo estava presente em quase toda a Europa. Música, exposições, jogos, vale tudo com motivo celta.

Seu Jorge e Bowie

Ou seja, tem festival para todos os gostos. Muito jazz, flamenco, tambores e tango. Seu Jorge e Bexiga 70 vão estar no Jazz en Vienne. Seu Jorge, aliás, está correndo a Europa com o seu espetáculo voz e violão em que interpreta covers de David Bowie, retomando o personagem que interpretou no filme “A Vida Aquática”, de Wes Anderson.

A música clássica também tem espaço no verão francês, com operas e instrumentais. O de la Roque d’Anthéron, por exemplo, tem só piano. Um dos destaques é Nelson Freire, presença frequente no evento, que se apresenta no dia 14 de agosto.

E no alto de um vilarejo nos Alpes, Villard Saint-Pancrace, o instrumento de honra é o cello. É o Festival Violoncelles em Folie, em sua 12ª edição, que acontece de 7 a 15 de julho, criado pelo brasileiro Fernando Lima Albuquerque, com professores e artistas convidados de toda a Europa.
 

Exposição em Paris recupera 2 mil anos de presença cristã no Oriente, apesar da perseguição

Filmes brasileiros concorrem em várias categorias no festival de cinema de Biarritz

Exposição em Paris celebra 40 anos da morte de Maria Callas, "la diva"

“Fotografia não é função masculina, é humana”, diz fotógrafa de guerra

Antigo prédio ocupado no centro de Paris vira polo artístico internacional

Grupo carioca apresenta releitura de "Alice no País das Maravilhas" em Edimburgo

Mostra sobre casamentos forçados abre centro de fotojornalismo em Paris

Montpellier Danse: encontro de gerações da dança contemporânea na França

Templo da literatura lusófona em Paris, editora Chandaigne celebra 25 anos

Aos 88, cineasta Agnès Varda explora com fotógrafo JR os vilarejos franceses

Com ares pop, nova geração da música clássica francesa seduz grande público