rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
A Semana na Imprensa
rss itunes

Revista do Le Monde traz perfil de arquiteta do Louvre de Abu Dhabi

Por Paloma Varón

Com inauguração prevista para o público no dia 11 de novembro com a presença do presidente francês Emmanuel Macron, o Louvre de Abu Dhabi tem por trás de sua arquitetura o premiado arquiteto Jean Nouvel. E o que pouca gente sabe é que, por trás de Nouvel, há uma mulher: a arquiteta libanesa Hala Wardé.

De certo, a libanesa de 52 anos foge dos holofotes e das redes sociais, diz a Revista M, completando que até bem pouco tempo a arquiteta, que toca o projeto do museu por meio de sua agência, a HW Architecture, não tinha nem um site na internet. Hoje o site está no ar, mas, nele, ela não brilha mais que a sua jovem equipe.

Ex-aluna de Nouvel e membro do restrito grupo de oito arquitetos parceiros do mestre, Hala Wardé consagrou dez anos de sua vida ao projeto do Louvre de Abu Dhabi, ao qual ela é muito apegada.

Ela é elogiada pelos arquitetos por ter esta postura quase tímida. Num mundo machista, em que o ego inflado é a tônica, Hala Wardé se destaca por sua generosidade com seus colegas de profissão.

“Ela não é como a maior parte de nossos colegas, mergulhados em seu mundo, em seus clubes fechados. Ela sabe apreciar o trabalho dos outros, o que é raro”, comenta o arquiteto libanês Youssef Haidar.

No perfil dedicado a ela, que a revista diz ter sido difícil convencê-la a aceitar, ela diz que vive muito bem no anonimato. “Eu adoro estar nos bastidores, não assinar, que os outros digam ‘Ah, é bonito este prédio’, sem saber quem o construiu”.

Apenas os especialistas e o próprio Jean Nouvel sabem qual a parte de Hala Wargé na complexa construção, que tem uma cúpula de 180 metros de diâmetro colocada num prédio de 85.000 m2.

Da ideia ao canteiro

Ela conta que o conceito do prédio é de Jean Nouvel: “Ele chega com a ideia, com os elementos precisos, definitivos. Suas primeiras palavras são as mais importantes, são elas que me guiam até o fim, até o canteiro de obras”, conta, sobre o processo de criação e materialização de uma obra.

Hala Wardé foi a melhor aluna de Jean Nouvel, que disse para ela: “Quando você sair da faculdade, venha me ver”. Depois disso, veio um primeiro contrato, assinado em 1989, e uma relação de confiança que não para de crescer.

Juntos trabalharam num grande complexo comercial e de escritórios que fica atrás da catedral Saint Paul, em Londres e, depois disso, Wardé negociou com as autoridades britânicas a construção de um edifício futurista de 52.000 m2.

Quando Nouvel recebeu a missão de conceber o Louvre de Abu Dhabi, não teve dúvidas em manter a sua equipe campeã. Para conduzir o canteiro de obras deste projeto, Wardé fundou a sua própria agência, em 2008.

O fato de falar árabe foi um diferencial na hora de se comunicar com a principal interlocutora em Abu Dhabi, a também libanesa Rita Aoun-Abdo, diretora do centro de Turismo e Cultura da cidade.

O Louvre da capital dos Emirados Árabes Unidos é tema de outras duas revistas semanais francesas, a “L’OBS” e a “Le Point”, que destacam igualmente a arquitetura e a imensa cúpula do museu, erguido na ilha Saadiyat, que significa felicidade em árabe.

Bilionário legendário de Wall Street investe toda a sua fortuna em tecnologias limpas

Bióloga brasileira denuncia tensões ideológicas na universidade após eleição de Trump

Ambição expansionista da China passa pela conquista dos portos mundiais, diz revista Le Point

Morte de Marielle continua pairando na vida política do Brasil, diz revista francesa

Ortopedista russo faz algumas crianças com paralisia cerebral recuperar movimentos na Espanha

Manifesto de 50 médicos, magistrados e políticos pede legalização da maconha na França

Ao atacar universidade, Bolsonaro visa uma juventude que lhe é hostil, diz Safatle

Técnica da seleção francesa de futebol visa troféu e não dá bola para sexismo

A alguns dias das eleições europeias, imprensa francesa analisa "epidemia populista" no Velho Continente

O ministério da "incultura" do Brasil deve alimentar debates no Festival de Cannes

Evangélicos concorrem com muçulmanos em busca de novos fiéis nas periferias francesas

Coquetéis molotov e aplicativos que distorcem vozes: como os coletes "ultra-amarelos" planejam a "revolução"

‘Anti-Bolsonaro’, presidente mexicano encarna uma ‘renovação da esquerda’, diz revista francesa

Porta-voz negra e feminista de Macron quebra códigos da política francesa