rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Maria Thereza Alves exibe obras na França para mostrar “complexidade do Mediterrâneo”

Por Elcio Ramalho

A exposição "The Middle of Earth", aberta no dia 2 de março no Instituto de Arte Contemporânea de Villerbaunne-Rhône-Alpes, no sudeste da França, traz a visão da artista plástica brasileira Maria Thereza Alves sobre o mar Mediterrâneo, um espaço rico em histórias e lendas.  

“Quando a Terra era composta por apenas dois continentes, o mar Mediterrâneo ainda existia como mar e permaneceu todo o tempo com este estado físico. Antes era chamado de Têthys, uma personagem mítica, filha de Urano, o Céu, e Gaia, a Terra”, explica.  “É muito interessante estudar a história dessa parte do mundo que envolve a Europa, o Oriente Médio e a África”, acrescenta.

A exposição é a sequência do projeto “Seeds of changes” (Sementes da mudança), iniciado pela artista em 1999 em Marselha, sul da França, e ao mesmo tempo um diálogo com o trabalho de Jimmie Durham, autor do projeto Eurasien.

Os dois artistas buscaram inspiração nas histórias, vegetação e fauna da região para conceber um trabalho que ganhou contornos sobretudo poéticos.

Maria Thereza Alves explica ter planeajdo com o parceiro a exposição como um poema dividido em estrofes. “Optamos por um poema trágico devido à situação contemporânea do Mediterrâneo”, argumenta.

No diálogo entre os trabalhos dos dois artistas, eles usaram objetos artísticos arqueológicos originários de diferentes museus franceses, como pinturas, escrituras, e trabalhos feito em vidro, sílica, além de árvores, plantas e ferro. Para a exposição, Maria Thereza preparou obras inéditas com cerâmica, vidro e bronze, para retratar sua concepção do universo mediterrâneo.

“Não quisemos retratar guerras da época, mas os primeiros assentamentos e tentativas da humanidade de fazer coisas, como trabalhar com vidro e pedras. Queríamos mostra a parte da humanidade que tenta falar uma com a outra e não a que pretende destruir a outra”, explica a artista paulista, que divide seu tempo entre Nápoles e Berlim.

Pesquisador brasileiro comemora consolidação do futebol em meio acadêmico

Tatiana Leskova, testemunha viva da história do balé, é homenageada em Paris

Em Annecy, diretor de 'A Era do Gelo' revela desejo de criar séries de animação com parceiros no Brasil

“Temos que lutar para que não haja adiamento das eleições no Brasil”, diz Celso Amorim

Ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão destaca "crescimento chinês” do audiovisual brasileiro

“Nossa música não está mais conectada com o povo”, diz compositor André Mehmari

Jornalista lança livro em Paris sobre José Ibrahim, um dos maiores nomes do sindicalismo brasileiro

“Roland Garros é a alma do tênis brasileiro atualmente”, diz Guga ao ser nomeado embaixador do torneio

Modelo de integração é de "indiferença às diferenças": romance de escritora franco-brasileira discute lugar da mulher mestiça entre Brasil e França

Mestre Reginaldo Maia resgata valores ancestrais da capoeira de Angola em Paris

“As eleições no Brasil já estão comprometidas”, diz presidente do PCO

"Moradia para todos é uma guerra política", diz urbanista João Whitaker em Paris

"Em tempos de email, só as cartas conseguem produzir uma eternidade nas pessoas", diz escritor Rodrigo Dias

Dupla Dinho Nogueira e Zé Barbeiro traz shows e cursos de choro para Europa

“Meu Brasil” é tema de mostra fotográfica em Paris criada com método de “mentoria”

Livro conta como Lisboa se tornou o “centro do mundo” na Segunda Guerra

Psicóloga brasileira publica na França livro sobre terapia sistêmica individual