rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Ator brasileiro radicado na França cria espetáculo com poesia de Pasolini

Antonio Interlandi trabalha na França há mais de 20 anos, já participou de mais de 30 peças de teatro, além de ter feito papéis no cinema e na TV. Ele apresentou recentemente em Paris um espetáculo baseado na poesia de Pasolini e ensaia uma peça para ser apresentada no Brasil.

Sobre Pasolini em forma de rosa, Interlandi conta: “Eu me interessei pela obra poética do Pasolini. Ele é mais conhecido como cineasta e pensador político, mas sua obra poética é muito vasta. Me interessei por esse material e também pelas músicas que ele escreveu. Eu quis mostrar uma outra face de Pasolini. Trabalhei em cima de uma coletânea que se chama Poema em forma de rosa, daí o título do espetáculo”.

Suor e domínio da língua

Interlandi conta que o sucesso na França é resultado de muito suor e trabalho, a começar pelo domínio da língua: “No começo, a minha preocupação era dominar, próximo à perfeição, a língua francesa. Eu não queria fazer só papeis de latino-americanos, com sotaque. É um trabalho válido, mas eu não queria entrar nessa categoria. Eu queria trabalhar como um ator. Ponto."

Para o segundo semestre, Interlandi conta que o projeto é a montagem no Brasil de um outro espetáculo seu, Ciao, Amore, Ciao, onde ele canta, dança e interpreta.

 

 

Embaixada do Brasil em Paris promove encontro de professores de português na França

Mistérios da Chapada Diamantina são tema de livro de Christiane de Murville

"Quem ganha mais, deveria pagar mais imposto no Brasil", diz especialista da USP

“Nossa luta não é só pelo Lula, é pela democracia”, diz Tarso Genro

Após ser acusado de pedofilia no Brasil, Wagner Schwartz apresenta “La Bête” em Paris

Bárbara Paz quer lançar documentário sobre Babenco no Festival de Cannes

“Derrota de Lula no STF cria um vácuo político”, diz analista da SciencesPo

Filme sobre comunidade judaica no Brasil é destaque em festival de Paris

"Olhar francês sobre produção audiovisual brasileira mudou em 20 anos", diz diretora do Festival de Cinema de Paris

"Movimentos progressistas brasileiros subestimaram fenômeno evangélico", diz jornalista francesa

"Não podemos permitir que as pessoas deixem de ter acesso à faculdade", alerta empresário do setor de ensino

"Brasil tem política de asilo para refugiados mais progressista do continente", diz pesquisadora