rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Cinema China Cannes

Publicado em • Modificado em

China desbanca EUA e vira maior consumidor de cinema do mundo

media
O cineasta chinês Jia Zhange, em Cannes, em 12/05/2018. REUTERS/Eric Gaillard

Os chineses gastaram mais de US$ 3,17 bilhões em entradas de cinema no primeiro trimestre de 2018, ultrapassando a arrecadação na América do Norte, que foi de US$ 2,8 bilhões. As produções populares nacionais são as mais apreciadas, mas a China também produz filmes de arte de prestígio.


Os dados são do órgão oficial China Movie Data Information Network e da revista americana Variety.

Cerca de 75% das bilheterias na China foram geradas por filmes chineses. Entre os 10 filmes mais bem sucedidos estão sete produções locais, cinco delas no topo da lista. Operação Mar Vermelho, um filme de aventuras sobre uma missão anti-pirataria do exército chinês, ocupa a primeira posição.

Os grandes filmes de Hollywood, como Pantera Negra ou o filme de ficção científica Círculo de Fogo: a Revolta, também tiveram bons resultados.

A China ainda é um mercado essencial para os estúdios de Hollywood. Os blockbusters são muito bem sucedidos, apesar de Pequim limitar o número de filmes estrangeiros exibidos nos cinemas. O Ano Novo chinês, período de férias durante o qual muitas pessoas aproveitam para ir ao cinema, contribuiu para o aumento da arrecadação durante esses dias.

Cinema de arte

Apesar da preferência por filmes populares, o cinema de arte chinês atual também tem muito prestígio. No último Festival de Cinema Internacional de Cannes, Jia Zhang-ke apresentou Ash is the Purest White, título em inglês, uma intrincada e violenta saga sobre uma mulher forte, mas submissa a um chefe de gangue.

Entre outros nomes importantes do cinema chinês contemporâneo estão Chen Kaige (Palma de Ouro em 1993, por Adeus Minha Concubina) e Zhang Yimou (Leão de Prata em Veneza em 1991 por Lanternas Vermelhas e Grand Prix de Cannes, em 1994, por Viver!). Ambos fazem parte da chamada "Quinta Geração", que inaugurou uma nova fase do cinema chinês, com grande repercussão internacional.