rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Cantor Dienis quer conquistar a América Latina

Por Stephan Rozenbaum

O cantor e compositor brasileiro Dienis, nascido no Rio de Janeiro, esteve em Paris para conhecer os escritórios da gravadora Warner com quem tem contrato. Ele conversou com a RFI sobre a carreira, dos primeiros passos na igreja onde o pai era pastor até os sucessos emplacados nas novelas brasileiras.

Dienis começou a carreira musical aos 9 anos, interpretando canções de estilo gospel nas reuniões de uma igreja onde seu pai era pastor. “Cantar na igreja foi uma escola pra mim. Aprendi todos os estilos”, declarou Dienis. “Igreja não tem essa coisa de ‘carinha bonitinha’, ou você sabe cantar, ou não”, completou.

Aos 18, decidiu seguir seu instinto e passou a trabalhar a composição de seus temas utilizando outro estilo, que ele definiu como “Samba POP”. “Fui para São Paulo para fazer meu primeiro álbum independente. Esse álbum me levou às rádios do Brasil. Depois, comecei a fazer shows com artistas já conhecidos e fui convidado para o programa de televisão musical do apresentador Raul Gil”, contou Dienis. Ele também revelou que inicialmente, a participação no programa seria de apenas 6 meses, mas acabou se estendendo por dois anos.

Televisão

Para o cantor, foi Raul Gil quem abriu as primeiras grandes portas de sua carreira. “Depois do programa, pude assinar meu primeiro contrato com a Warner Music. Na sequência tive algumas músicas que foram tema de novelas e filmes da TV Globo”, disse Dienis. Este trabalho demonstrou as fortes influências musicais de Dienis, que vão desde o Soul até a MPB, além de sua paixão pela música latina em geral.

“Ter meu trabalho reconhecido graças às novelas da Globo fez minha música viajar pelo mundo. Os programas do canal são vendidos para mais de 138 países. Saber que pessoas da Argentina, Panamá, México, República Dominicana, Chile, Peru e outros países da América Latina estão se identificando com sua música é uma coisa muito gratificante, isso me deixa muito feliz”, contou Dienis.

Mercado Latino

Ao ver o interesse dos países de língua hispânica, Dienis lançou sua primeira canção em castelhano em 2016. Em fevereiro desse mesmo ano, se apresentou na Gala da Rainha do Carnaval da Espanha com seu novo single, embarcando em uma extensa turnê promocional passando pelos meios mais importantes de Imprensa, Radio e TVs do país.

“O meu primeiro sonho, de conseguir uma carreira profissional, eu já conquistei. Agora, meu segundo sonho é conseguir fazer com que meu trabalho chegue o mais longe possível e que eu possa consolidar minha carreira também no mercado Latino”, afirmou o artista.

“Modo de exercer o governo é inspirado no pior da ditadura”, diz professor brasileiro na França

Grupo “Trio in Uno” lança álbum “Ipê” em homenagem ao cerrado brasileiro

"Hungria mantém refugiados em centros de detenção arbitrária", diz ativista

Nazaré Pereira, pioneira do forró na França, revela um “outro Brasil”

"Está difícil ter orgulho de ser brasileiro", diz Martinho da Vila, antes de show em Paris 

"Bacurau" mostra o Brasil, "um país maravilhoso, mas também muito feio”, disse Kléber Mendonça em Cannes

Com álbum “+100”, Casuarina apresenta samba moderno em turnê pela Europa

Do burlesco à modernidade, livro retraça percurso revolucionário da atriz Helena Ignez, musa do 'cinema marginal' brasileiro

Do burlesco à modernidade, livro retraça percurso revolucionário da atriz Helena Ignez, musa do 'cinema marginal' brasileiro

Fotógrafo brasileiro expõe em Paris reflexões sobre memória e preservação

Tinta Bruta, o filme da 'bicha que resiste' estreia no circuito comercial na França

Exclusão do português em exame de entrada na universidade na França gera protestos

Entre arqueologia e performance, jovem artista brasileira Manoela Medeiros estreia individual em Paris

“Macron quis governar a França como uma startup”, diz especialista sobre dois anos do presidente no poder

“Fomos influenciados pela França desde a infância”, diz autora de guias turísticos

“Legado de Da Vinci é universal” e disputa entre França e Itália é política diz professor da USP

Reforma da Previdência pode precarizar trabalhador com aumento da informalidade, diz economista Thomas Coutrot

“Rever o modo de funcionamento da educação no Brasil é muito preocupante”, diz Carlos Cury