rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Cantora Karla da Silva divulga novo disco em turnê europeia

Por Silvano Mendes

Karla da Silva está de passagem pela Europa, divulgando o disco “Gente Que Nunca Viu Vai Ver A Pretíssima Coroação”. A cantora, que ficou conhecida no Brasil após sua passagem pela primeira edição do programa The Voice, faz shows na França e Portugal.

Depois de Quintal, disco que rendeu um DVD e com o qual Karla rodou o Brasil, inclusive como parte do projeto Natura Musical, a cantora traz agora um novo projeto, que ela apresenta como uma "celebração da música negra mundial". “Agora falo de ancestralidade, de África e da africanidade presente na minha vida e no meu trabalho”, conta Karla, de passagem pela RFI, pouco antes do show no famoso restaurante e casa de espetáculos parisiense Favela Chic, uma das escalas de sua agenda europeia.

Canções como “Negra”, um afrobeat com letra e música assinadas pela cantora, resumem bem a alma desse projeto, que vem bem mais militante que Quintal. “A arte é uma bandeira muito grande. Eu falo sobre questões de negritude, de liberdade, amor LGBT, força da mulher, feminismo”, explica. A canção “Duas Meninas”, fruto da parceria com a produtora cultural baiana Lizzie Marchi, é um bom exemplo desse engajamento, sutil, mas presente.

“Músico brasileiro é bem recebido na França”

“O brasileiro está passando por tanta opressão nesse momento. E nós artistas conseguimos expressar toda essa dor e esses conflitos na nossa música. Então é importante que a gente fale sobre essas coisas”, defende.

A cantora diz ter ficado muito inspirada com essa estadia europeia, ao ponto de já estar compondo novas canções. Mas antes de lançar um novo projeto, aproveita a boa receptividade do público. “Gostei muito de tocar na França. O músico e o artista brasileiro são bem queridos aqui”, celebra.

Ouça a entrevista completa clicando na foto acima ou assista o vídeo. 

Brasileira apresenta na Berlinale documentário sobre ocupação dos Sem Terra em Goiás

“Direito à comunicação no Brasil ainda é muito atrasado”, diz fundador de web rádio indígena

"Alastrar competitividade para toda a economia brasileira está no radar do governo", diz diretor-geral da OMC

Fotógrafo curitibano expõe em Paris obras inspiradas na espiritualidade

Orçamento participativo e Bolsa Família são as principais políticas públicas “exportadas” pelo Brasil

“Brasil tem volta da oligarquia com uma política de extrema direita”, diz sociólogo da UFRJ

Compositor francês Debussy influenciou até Bossa Nova, lembra maestro Isaac Chueke

“Brasil e França trabalharam pelo silenciamento da memória escravista”, diz historiadora

Escritora Telma Brites Alves lança em Paris seu livro "Gaia: A Roda da Vida"

Cantora brasileira mistura música árabe e nordestina em álbum “Brisa Mourisca”

Movimento dos Atingidos por Barragens quer garantias de reparação total de danos às vítimas de Brumadinho

"Precariedade das favelas é estimulada pelo próprio Estado", diz historiador

Human Rights Watch: partida de Jean Wyllys é “triste para a esquerda e a direita”

“Falta educação no projeto de governo Bolsonaro”, diz Renato Janine Ribeiro

Apoiar oposição a Maduro é ingênuo e perigoso, diz especialista da Unicamp

"Estrela no Guia Michelin brinda a amizade franco-brasileira”, diz chef Raphaël Rego

Brasil é país que mais cai em relatório sobre competitividade divulgado em Davos

“Europeu gosta de música brasileira com contexto histórico”, diz cantor Mario Bakuna