rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Festival de Outono de Paris traz grandes nomes da cena contemporânea em 70 espetáculos

Por Márcia Bechara

Setenta espetáculos e 65 artistas convidados, que se apresentam até o dia 31 de dezembro em 45 espaços da capital francesa e da região parisiense. A 47ª edição do Festival de Outono de Paris fornece, anualmente, um grande panorama da cena contemporânea mundial, com ingressos disputados, inaugurando a grande estação das artes na cidade. Entre os destaques, os coreógrafos brasileiros Lia Rodrigues e Bruno Beltrão, que dão continuidade a uma longa parceria com a organização do festival e apresentam criações inéditas.

O Japão é o país homenageado do Festival de Outono de Paris 2018,  com uma programação que privilegia jovens criadores nipônicos, como TakahiroFujita e Toshiki Okada, mas também artistas consagrados como Hiroshi Sugimoto, além de Nakamura Shidô II e Nakamura Shichinosuke II, da tradição kabuki

Para além dos artistas japoneses, a curadoria da mostra programou também alguns dos maiores nomes da cena contemporânea mundial, como o encenador polonês Krystian Lupa, o suíço Milo Rau e a coreógrafa belga Anne Teresa de Keersmaker. Os coreógrafos brasileiros Lia Rodrigues e Bruno Beltrão figuram também entre os destaques da programação, dando continuidade a uma colaboração de vários anos com o evento, como relata Marie Collin, diretora artística do Festival de Outono de Paris.

"Continuamos nossa colaboração com Lia Rodrigues, agora depois de vários anos. Nós apoiamos bastante seu trabalho, vamos coproduzí-la no Teatro Nacional de Chaillot, e depois no 104, nesta que será uma das grandes criações deste outono. E vamos também continuar o trabalho junto a Bruno Beltrão, cujas obras ajudamos a divulgar para o público parisiense, há cerca de 10 anos", conclui Collin.

Polêmica sobre apropriação cultural marca nova criação do Théâtre du Soleil

De Tutancâmon à Lua, temporada das artes em Paris revisita civilizações em 2019

Tradição natalina em Paris, vitrines de lojas de luxo continuam a encantar

Artista espanhola traz mostra com fotos sobre falta de acesso ao aborto legal no mundo

Em Paris, o artista travesti Grayson Perry discute a sexualidade através de obras de arte

Mostra na Fundação Cartier de Paris recria diálogos inesperados entre geometrias latino-americanas

Artista mais caro do mundo, Basquiat é destaque de mega retrospectiva em Paris

Cidade Fértil: Paris ganha gigantesco espaço cultural, alternativo e futurista

Hospital desativado em Paris vira ocupação artística e ecológica temporária

Messias brasileiro INRI Cristo é destaque em exposição de fotos em Arles, no sul da França