rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Em Arles, Thyago Nogueira, do IMS, divulga fotografia brasileira contemporânea

Por Patricia Moribe

Há quase meio século, o festival Rencontres d’Arles é parada obrigatória para os amantes da fotografia. De julho a setembro, a pequena cidade do sul da França, repleta de estruturas romanas, vira uma referência para fotógrafos, galeristas, curadores e turistas.

 

Thyago Nogueira, coordenador da área de fotografia contemporânea do Instituto Moreira Salles e editor da revista semestral Zum, tem sido uma presença constante nos últimos anos. Ele fala a respeito:

“Arles traz uma espécie de mapeamento do que se faz de novo na fotografia, dos projetos que vão estrear nos próximos anos nos museus. O festival é também um ponto de encontro importante para que os curadores troquem projetos e experiências, além de intercâmbios de exposições”.

O Instituto Moreira Salles é um dos alicerces em se tratando de fotografia no Brasil, tanto em preservação, quanto em fomento da produção contemporânea. No ano passado, o IMS inaugurou um centro cultural na avenida Paulista, em São Paulo, um prédio que promove exposições, cursos e encontros em torno da fotografia.

“O objetivo é que o instituto seja visto como uma casa do fotógrafo, onde ele pode ser recebido, mostrar seus trabalhos, discutir. É um lugar também onde quem gosta de fotografia pode aprender mais a respeito”, explica Thyago Nogueira.

“Recentemente o IMS fez uma parceria importante com a Casa da Fotografia Europeia, a MEP, que expôs o trabalho do fotógrafo francês Marcel Gautherot. Agora estou desenvolvendo um projeto grande, uma retrospectiva do trabalho da fotógrafa Claudia Andujar sobre os ianomâmi. Eu gostaria muito que essa exposição viajasse para outros lugares do mundo. Também estamos incentivando novos nomes da fotografia brasileira, tentando leva-los para outros países”.

Os Rencontres d’Arles acontece até 23 de setembro.

“Uso da religião está sendo deturpado nas eleições", diz médium Divaldo Franco

“Minha música é um engajamento pela liberdade”, diz gaúcho radicado na França

“Apenas distanciamento histórico vai explicar o que deu errado no Brasil”, diz cineasta Filipe Galvon

"Brasileiros querem coisas novas, mesmo que elas piorem para depois melhorar", diz Luiz Olavo Baptista

Jussara Korngold: "Brasileiros contribuiram para entrada do espiritismo nos EUA"

Documentário sobre ocupação do prédio do IBGE durante Rio 2016 é lançado na França

“Brasil virou um território da burrice”, diz escritor Bernardo Carvalho

“Há uma crença de que um regime mais militarizado colocaria ordem no Brasil”, diz historiadora da USP

Campanha da extrema direita mergulha Brasil em momento regressivo, diz especialista em segurança

"Faremos políticas públicas de alto impacto e baixo custo", diz cocandidata da Bancada Ativista de SP

Bolsonaro é produto de "avacalhação" da democracia brasileira, diz analista

Tudo o que você precisa saber para votar nas eleições brasileiras de 2018 em Paris

“Eu quis mostrar o ciclo criminoso que persiste no sertão brasileiro”, diz cineasta Eduardo Morotó em Biarritz

“Era inimaginável ver alguém defendendo a volta da ditadura, como hoje no Brasil”, diz a cineasta Flávia Castro

“Bolsonaro representa a banda podre do Brasil”, diz cartunista Adão Iturrusgarai

Bela Gil em festival Slow Food na Itália: “É importante conhecer quem produz o alimento”

Sabores do Brasil recebe “30% de brasileiros saudosos e 70% de franceses curiosos” em Paris

Inimigo no fascismo brasileiro é o pobre, diz pesquisadora do voto em Bolsonaro